.

.
Imagem da reflejosdeluz.net

domingo, 6 de junho de 2010

Inocência de criança


Na pré-escola, na aula de Religião, a professora procurava saber como andava o relacionamento dos seus alunos com Deus.
Então ela sorridente perguntou a classe:
- Quando temos medo ou insegurança na vida, o que fazemos?
Carlinhos levantando a mão disse:
- Ah, professora, minha mãe me ensinou que quando eu tenho medo de alguma coisa, é só ajoelhar e rezar que o medo passa.
- Muito bem! Respondeu à professora, a oração sempre nos fortalece e acalma.
No mesmo instante João levantou as mãozinhas e disse a professora:
- Eu também rezo quando tenho medo.
- Eu também - falou Aninha levantando rápido sua mãozinha para que a professora a olhasse.
E assim, quase ao mesmo tempo, fizeram todos os alunos da sala, menos o Gabriel que se manteve sentado somente observando.
A professora, curiosa para saber porque somente ele não se manifestou, perguntou-lhe:
- E você Gabriel, também reza quando sente medo?
Gabriel então, calmamente e com uma inocência que só uma criança poderia ter, respondeu:
- Tia, quando eu era pequenino e não sabia falar, minha mãe me atendia por gestos, então quando eu sentia medo apenas levantava meus bracinhos e minha mãe me pegava no colo. Da mesma forma, Tia, eu faço agora que já sou um pouco maior. É certo que já sei falar, mas as vezes quando eu sinto muito medo e nem mesmo consigo rezar, eu olho para Jesus e estendo meus braços. Ele então que tudo sabe, entende meu gesto e no mesmo instante me pega no colo.

Muitas vezes em nossas vidas passamos por momentos de tribulações que não sabemos nem mesmo como orar. Então, como criancinhas, abra o seu coração, estenda o seu braço e diga “Te louvo Jesus, Te amo Jesus”. E evangelize!

Fonte: www.padremarcelorossi.com.br
[imagem da web]

Postagens mais visitadas