.

.
Imagem da reflejosdeluz.net

domingo, 31 de dezembro de 2017

ORAÇÃO À SAGRADA FAMÍLIA



Jesus, Maria e José, em Vós contemplamos o esplendor do verdadeiro amor e, confiantes, a Vós nos consagramos.
Sagrada Família de Nazaré, tornai também as nossas famílias lugares de comunhão e cenáculos de oração, autênticas escolas do Evangelho e pequenas igrejas domésticas.
Sagrada Família de Nazaré, que nunca mais haja nas famílias episódios de violência, de fechamento e divisão; e quem tiver sido ferido ou escandalizado, seja rapidamente consolado e curado.
Sagrada Família de Nazaré, fazei que todos nos tornemos conscientes do carácter sagrado e inviolável da família e da sua beleza no projeto de Deus.
Jesus, Maria e José, ouvi-nos e acolhei a nossa súplica. Amém.

(Papa Francisco)

NOVENA DOS SALMOS



Amanhã, primeiro dia do ano de 2018, começamos a Novena dos Salmos. Mais que uma novena, é um convite ao fortalecimento da fé em Deus, por meio da leitura diária dos 150 Salmos contidos na Bíblia. A cada dia, fazer a leitura orante de cada um dos Salmos (começando pelo Salmo 1).
Quer fazer um pedido ou agradecer por alguma graça? Faça-o.
Para ajudá-lo(a), postaremos diariamente um versículo do Salmo do dia.

Para receber a(s) graça(s) que deseja, faça 3 coisas:
1º) Pergunte a si mesmo: O que desejo é justo? Se puder responder a essa pergunta afirmativamente, faça então a Deus a seguinte oração:
“SENHOR, TU QUE PODES CONCEDER-ME A GRAÇA QUE TANTO ALMEJO, CRIA, SENHOR, AS POSSIBILIDADES PARA REALIZAÇÃO DE MEU DESEJO, EM NOME DE JESUS, AMÉM.”
2º) Imagine depois, firmemente, que seu desejo vai se materializar. Crie na imaginação a imagem de seu desejo realizado.
3º) Coloque nas mãos de Deus esta questão e aceite/siga as orientações sugeridas pelo divino Espírito Santo que habita em cada um de nós (somos templos do Senhor!). Pratique a crença e continue a sustentar no pensamento o que idealizou. Faça isso e ficará surpreso pelos caminhos estranhos e, às vezes, inesperados através dos quais se materializará seu ideal.

Obs.: a oração contida no item 1 acima deverá ser repetida, diariamente, várias vezes, tantas quantas forem possíveis repetir. Aproveite todos os momentos disponíveis para fazê-la. Concentre-se por alguns minutos e repita-a com FÉ. Este é um exercício de fortalecimento espiritual.

Façamos um ano bom


Naquilo que depender de nós, façamos um ano bom, tenhamos um ano verdadeiramente novo! Nosso Senhor, ao nos estimular com um simples "tende bom ânimo", nos ensina que seremos fortalecidos com Sua alegria.

Deus nos dá lições diárias para a vida espiritual


Deus nos dá lições diárias para a vida espiritual. A natureza não se cansa e não se exaspera; não desanima. Deus não tem pressa porque é eterno, o tempo é todo Dele. São Paulo diz ainda que “é Ele quem nos capacita”; Ele é “Aquele, cujo poder, agindo em nós, é capaz de fazer muito além, infinitamente além de tudo o que nós podemos pedir” (Ef 3,20). Então, paciência! Não desanime, faça a sua parte e conte com a de Deus.
(Prof. Felipe Aquino)

O Senhor necessita de ti


O Senhor necessita de ti, onde te encontras. Observa o que tens a fazer ainda hoje e perceber-lhe-ás a presença no dever que te espera.
(Emmanuel)

sábado, 30 de dezembro de 2017

ORAÇÃO DE FINAL DE ANO



Senhor, nosso Deus, na vossa bondade nos destes Maria. Com a sua divina maternidade, ela se torna para todos nós fonte de vida. Pela sua intercessão, ajuda-nos nos trabalhos de cada dia. Damos-vos graças por ela, mulher livre, que se fez inteira a serviço de uma escuta afetuosa e de uma palavra iluminada. Como vossa serva, ela experimentou as tribulações dos pobres.
Abri nossos corações aos sofrimentos dos irmãos e dai-nos olhos cheios de ternura e esperança.
Santa Maria, senhora de nossos dias, vinde habitar em nosso meio. Tornai-vos vizinha a nossos problemas. Dai-nos, vos pedimos, o gosto pela vida. Oferecei respostas maternas às perguntas cheias de significado de nosso caminhar. Tomai-nos pela mão e fazei-nos sentir a presença de Deus na sequência do tempo. Amém.

(Frei Luiz Henrique F. de Aquino, OFM – São Paulo/SP - Fonte: Folhinha do Sagrado Coração de Jesus)

Reflita na quantidade de coisas que você pede a Deus


Reflita na quantidade de coisas que você pede a Deus. Como seria se Ele lhe fizesse a mesma quantidade de pedidos? E se Deus deixasse de cumprir Suas promessas na mesma medida em que você deixa de cumprir as suas?

Aba! Pai!


Porquanto não recebestes um espírito de escravidão para viverdes ainda no temor, mas recebestes o espírito de adoção pelo qual clamamos: Aba! Pai!
(Rm 8,15)

Deus, infinitamente perfeito e bem-aventurado em Si mesmo


Deus, infinitamente perfeito e bem-aventurado em Si mesmo, num desígnio de pura bondade, criou livremente o homem para torná-lo participante da sua vida bem-aventurada. Por isso, sempre e em toda a parte, Ele está próximo do homem. Chama-o e ajuda-o a procurá-Lo, a conhecê-Lo e a amá-Lo com todas as suas forças.

sexta-feira, 29 de dezembro de 2017

VIVA COMO AS FLORES



- Mestre, como faço para não me aborrecer? Algumas pessoas falam demais, outras são ignorantes. Algumas são indiferentes. Sinto ódio das que são mentirosas e ainda sofro com as que caluniam.
- Pois viva como as flores, advertiu o mestre.
- Como é viver como as flores?, perguntou o discípulo.

- Repare nestas flores, continuou o mestre, apontando lírios que cresciam no jardim. Elas nascem no esterco, entretanto são puras e perfumadas. Extraem do adubo malcheiroso tudo que lhes é útil e saudável, mas não permitem que o azedume da terra manche o frescor de suas pétalas. É justo angustiar-se com as próprias culpas, mas não é sábio permitir que os vícios dos outros o importunem. Os defeitos deles são deles e não seus. Se não são seus, não há razão para aborrecimento. Exercite, pois, a virtude de rejeitar todo mal que vem de fora. Isso é viver como as flores.

Você quer um Amigo?


Você quer um Amigo? O Senhor espera apenas um convite para entrar em seu coração.

Somos filhos de Deus


O Espírito mesmo dá testemunho ao nosso espírito de que somos filhos de Deus.
(Rm 8,16)

Estejamos à disposição de Deus


Estejamos à disposição de Deus para fazer o que Ele deseja que seja feito. Oremos para ter capacidade de resistir aos percalços e suportar as dificuldades que porventura surjam em nossa caminhada.

quinta-feira, 28 de dezembro de 2017

TRANSFORMAÇÃO TOTAL


Um escultor, encontrando uma grande pedra, decidiu que era perfeita para a obra que desejava realizar. Por várias semanas ele trabalhou e nada conseguiu. Jogou a pedra fora porque concluiu que não era apropriada. Um outro escultor encontrou a pedra e comentou que poderia aproveitá-la e transformá-la em uma bela escultura para sua casa. Trabalhou, trabalhou e... desistiu. Verdadeiramente a pedra não servia para nada. Até que um terceiro escultor a encontrou, jogada a um canto, suja, imprestável. Pediu ajuda para levar para sua casa e, após limpá-la e trabalhar arduamente nela, concluiu uma obra prima que até os dias de hoje é considerada uma das mais belas esculturas de todos os tempos. O que tinha realmente valor não era a pedra, mas o artista que nela trabalhara.
Nós somos como aquela pedra! Não tínhamos forma, talvez estivéssemos sujos e ignorados por todos, mas, o maior Artista da história nos encontrou. Ele nos limpou, trabalhou em nós, e hoje somos novas vidas, brilhantes, limpas, transformadas para que o mundo saiba que Alguém muito competente trabalho em nós.
Jesus é o maior Perito na transformação e lapidação de vidas. O passado dá lugar a um presente maravilhoso e um futuro pleno de regozijo e felicidade. Em Suas mãos tudo é novo! O perdido encontra o Caminho; o incrédulo se agiganta em fé; o desabrigado ganha uma casa no Céu onde viverá por toda a eternidade.
Éramos pecadores... fomos libertos... transformados... nos tornamos filhos de Deus! Que grande alegria! Aleluia!

(Pr. Paulo Roberto Barbosa)

Nos momentos de aflição e decepção


É nos momentos de aflição e decepção que mais percebemos o quanto Jesus é nosso Amigo. Ele não somente pode fazer alguma coisa como faz! E faz o melhor!

Em que estamos firmados?


Em que estamos firmados? Temos sido constantes em nossa fé? Temos sabido enfrentar as lutas e dificuldades de nossa vida com a convicção de que Deus está conosco e que, por fim, seremos mais uma vez vencedores?
(Pr. Paulo R. Barbosa)

Meditação


Meditação é algo muito importante para nossa vida espiritual se quisermos manter intimidade com Deus. Deus habita em nossa alma, somos templo do Espírito Santo. É preciso dar atenção para isto.

quarta-feira, 27 de dezembro de 2017

PERGUNTE-SE


Cada dia é o dia do julgamento, e nós, com nossos atos e nossas palavras, com nosso silêncio e nossa voz, vamos escrevendo continuamente o livro da vida. A luz veio ao mundo e cada um de nós deve decidir se quer caminhar na luz do altruísmo construtivo ou nas trevas do egoísmo. Portanto, a mais urgente pergunta a ser feita nesta vida é:

O que fiz hoje pelos outros?

Como Deus faz crescer em nós a paciência?


Como Deus faz crescer em nós a paciência? Fazendo-nos exercitar nela. É para isso que ele permite as tribulações, doenças, pessoas “chatas” ao nosso lado, que nos criticam, condenam, que nos desprezam… Tudo isso para treinar a nossa paciência, senão ela não cresce e não se fortalece para enfrentar os combates da vida.
(Prof. Felipe de Aquino)

Vida eterna


Mas agora, libertados do pecado e feitos servos de Deus, tendes por fruto a santidade; e o termo é a vida eterna.
(Rm 6,22)

No momento da tentação


Ninguém pode resistir às tentações impuras da carne, se não se recomenda a Deus no momento da tentação.
(Santo Afonso de Ligório)

terça-feira, 26 de dezembro de 2017

O VERBO DIVINO


1No princípio era o Verbo, e o Verbo estava junto de Deus e o Verbo era Deus.2Ele estava no princípio junto de Deus.3Tudo foi feito por ele, e sem ele nada foi feito.4Nele havia a vida, e a vida era a luz dos homens.5A luz resplandece nas trevas, e as trevas não a compreenderam.6Houve um homem, enviado por Deus, que se chamava João.7Este veio como testemunha, para dar testemunho da luz, a fim de que todos cressem por meio dele.8Não era ele a luz, mas veio para dar testemunho da luz.9[O Verbo] era a verdadeira luz que, vindo ao mundo, ilumina todo homem.10Estava no mundo e o mundo foi feito por ele, e o mundo não o reconheceu.11Veio para o que era seu, mas os seus não o receberam.12Mas a todos aqueles que o receberam, aos que creem no seu nome, deu-lhes o poder de se tornarem filhos de Deus,13os quais não nasceram do sangue, nem da vontade da carne, nem da vontade do homem, mas sim de Deus.14E o Verbo se fez carne e habitou entre nós, e vimos sua glória, a glória que o Filho único recebe do seu Pai, cheio de graça e de verdade.15João dá testemunho dele, e exclama: Eis aquele de quem eu disse: O que vem depois de mim é maior do que eu, porque existia antes de mim.16Todos nós recebemos da sua plenitude graça sobre graça.17Pois a lei foi dada por Moisés, a graça e a verdade vieram por Jesus Cristo.18Ninguém jamais viu Deus. O Filho único, que está no seio do Pai, foi quem o revelou.

(Jo 1,1-18)

... temos o próximo perto de nós


Ainda não alcançamos a Deus, mas temos o próximo perto de nós. Suporta aquele com o qual andas e alcançarás Aquele junto do qual queres permanecer eternamente.
(Santo Agostinho)

Quem deixa a oração


Quem deixa a oração por causa do estudo não busca a Deus, mas a si mesmo.
(Santo Afonso de Ligório)

De que adianta?


De que adianta a soberba, a arrogância, a prepotência, a vaidade de acharmos que somos superiores ou melhores que os demais? De que nos serve humilhar os mais simples ou tratá-los como se fossem inferiores? O mundo não nos respeitará mais por essa atitude e o Senhor se envergonhará por não estarmos engrandecendo o Seu nome.
(Pr. Paulo R. Barbosa)

segunda-feira, 25 de dezembro de 2017

NATAL, encontro vivo com o Filho de Deus!


NATAL, encontro vivo com o Filho de Deus!
A mensagem cristã não é uma ideologia, mas sim um acontecimento: Jesus Cristo. Esse acontecimento tem duas dimensões: o fato concreto bem humilde, concentrado no sinal do recém-nascido envolto em panos, e o alcance cósmico desse fato, simbolizado pelo canto dos anjos: Glória a Deus nas alturas e paz aos homens na terra. Celebrar o Natal é comprometer-se com essa glória, que envolve as condições mais sublimes ou mais humildes da existência e da atividade dos homens, e também com essa paz, que é o gozo da fraternidade e o fruto da justiça nas relações entre os homens.

Nada se iguala ao sabor do pão partilhado


A alegria cristã brota do amor. “Nada se iguala ao sabor do pão partilhado”, disse Saint-Exupéry.

Eis que vos anuncio uma boa nova


O anjo disse-lhes: Não temais, eis que vos anuncio uma boa nova que será alegria para todo o povo: hoje vos nasceu na Cidade de Davi um Salvador, que é o Cristo Senhor.
(Lc 2, 10-11)

DOCE DEZEMBRO


Dezembro, bons desejos, doce aspiração...
Experimentar a misericórdia divina
transmutada em perdão.
Dezembro, doce ensejo...
Votos de desapego,
Olhar de verdade o irmão.
Dezembro, doce lampejo,
luz de Natal, de Jesus um sinal:
esperança no coração.
Oremos! Que todos experimentemos a misericórdia de Deus, que nunca se cansa de perdoar. Que as famílias, de modo particular as que sofrem, encontrem no nascimento de Jesus um sinal de esperança segura. Amém!

...para poder crescer forte


É o Espírito Santo que, com suas inspirações, vai dando um tom sobrenatural aos nossos pensamentos, desejos e atos. Precisamos, então, fazer a nossa parte, mas ter paciência e saber esperar a vitória sobre nós mesmos florescer como a planta que cresce lentamente, para poder crescer forte.
(Prof. Felipe de Aquino)

domingo, 24 de dezembro de 2017

4º DOMINGO DO ADVENTO


QUARTO DOMINGO DO ADVENTO - Texto: Lc 1, 26-38: “Alegra-te, cheia de graça, o Senhor está contigo”.
O “sim” de Maria não representa apenas um ato de submissão à vontade de Deus (por meio do anjo), mas um consentimento ativo e responsável. [...] Jesus não é apenas um filho da história humana. Ele é o Filho de Deus. [...] Ele vai nos ensinar o Projeto de Deus para que sejamos todos livres e vivos, a fim de nos tornarmos o que Deus deseja. O nome “Jesus” significa “Deus salva”. Maria é aquela que contribuiu de maneira decisiva para a libertação do povo de Deus. Ela interfere positivamente na nova criação em Cristo mediante o Espírito Santo. Jesus não é apenas um filho da história humana. Ele é o Filho de Deus. Sua mãe é humana. Seu pai é Deus (Espírito Santo) e José exerce o papel de pai adotivo.

NOVENA DE NATAL – 9º dia


NOVENA DE NATAL – 9º dia – 24 de dezembro
Nono dia é para avivar a ESPERANÇA e o AMOR. O amor e a esperança sempre vão de mãos dadas com a fé. Por isso, em seu hino ao amor, São Paulo nos mostra que o amor crê sem limites e espera sem limites (1Cor 13, 7). Uma fé viva, um amor sem limites e uma esperança firme são o incenso, o ouro e a mirra que nos dão ânimo para viver e coragem para não cair.

É graças ao amor que sonhamos com altos ideais e é graças à esperança que os alcançamos. O amor e a esperança são as asas que nos elevam à grandeza, apesar dos obstáculos e das insipidezes. Se amarmos a Deus, amamos nós mesmos e amamos os outros, podemos obter o que sugere São Pedro em sua primeira carta: “Estejam sempre dispostos a dar razão de sua esperança. Com doçura, respeito e com uma boa consciência” (3, 15-16). Se acendermos a chama da esperança e o fogo do amor, sua luz radiante brilhará no novo ano depois que se apaguem as luzes do Natal.

Você já deu seu presente a Jesus?


Você já deu seu presente a Jesus? Se ainda não deu, aproveite esse Natal e dê a Ele a sua vida.

Vós, que temeis o Senhor, esperai nele


Vós, que temeis o Senhor, esperai nele; sua misericórdia vos será fonte de alegria. Vós, que temeis o Senhor, amai-o, e vossos corações se encherão de luz.
(Eclo 2,9-19)

A Palavra nos mostra o melhor Caminho


A Palavra nos mostra o melhor Caminho a seguir, a melhor decisão a tomar, o ensino que nos edifica, a fé e a esperança que nos fortalecem quando as dificuldades se apresentam à nossa frente. A Palavra é Jesus e Jesus é a Palavra que se fez homem e habitou entre nós.
(Pr. Paulo R. Barbosa)

sábado, 23 de dezembro de 2017

NOVENA DE NATAL – 8º dia


NOVENA DE NATAL – 8º dia – 23 de dezembro
O oitavo dia é para assegurar a . Uma fé que é firme quando nasce de uma relação amistosa com o Senhor. Uma fé que é autêntica se está confirmada com as boas obras, de modo que a religião não seja apenas de rezas, ritos e tradições. Precisamos cultivar a fé com a Bíblia, a oração e a prática religiosa, porque a fé é nosso melhor apoio na crise. Necessitamos de uma fé grande em nós mesmos, em Deus e nos demais. Uma fé sem vacilações como queria Jesus: Marcos 11, 23. Uma fé que ilumina o amor com a força da confiança, já que “o amor em tudo crê” (1Cor 13, 7).
A FÉ é a força da vida e sem ela andamos à deriva. De fato, aquele que perdeu a fé, já não tem mais nada a perder. Que bom que cuidamos de nossa fé como se cuida de um tesouro! Que bom que nos possam saudar como à Virgem: “Feliz és tu que acreditaste” (Lc 1, 45).

Maria era feliz


Maria era feliz porque ouviu a palavra de Deus e a pôs em prática; guardou mais a verdade de Cristo na sua mente do que o corpo de Cristo no seu seio.
(Santo Agostinho)

Digo a Deus


Digo a Deus:
Sois o meu Senhor, fora de vós não há felicidade para mim.

(Sl 15,2)

Erga-se! Glorifique a Deus!


A comunhão com Deus não nos garante uma vida sem lutas. Entretanto, a certeza de Seu cuidado e de Sua proteção nos traz tranquilidade e nos motiva a encarar as intempéries com a confiança dos vitoriosos.
Erga-se! Glorifique a Deus!

sexta-feira, 22 de dezembro de 2017

NOVENA DE NATAL – 7º dia


NOVENA DE NATAL – 7º dia – 22 de dezembro
Sétimo dia é para crescer em GENEROSIDADE. É a capacidade de dar com desinteresse onde o amor ganha a corrida do egoísmo. É na entrega generosa de nós mesmos que se mostra a profundidade de um amor que não se esgota nas palavras. E isso é o que celebramos no Natal: o gesto sem igual de um Deus que dá a si mesmo. Isso São Paulo destaca: “soberba também na generosidade… pois conheceis a generosidade de Nosso Senhor Jesus Cristo o qual sendo rico, por vós se fez pobre para que vos enriquecêsseis com sua pobreza”. É uma passagem bíblica em que o apóstolo convida os Coríntios a compartilhar seus bens com os necessitados (2Cor 8, 7-15).

Sabemos amar quando sabemos compartilhar, sabemos amar quando damos o melhor de nós mesmos em lugar de dar apenas coisas. Tomemos, pois, a melhor decisão: dar carinho, afeto, ternura e perdão; dar tempo e dar alegria e esperança. São os presentes que mais valem e não custam dinheiro. Demos amor, como dizia São João da Cruz: onde não há amor coloques amor, e tirarás amor.

Deus está ouvindo, está cuidando de nós


A resposta a nossas perguntas pode até parecer demorada, mas Deus está ouvindo, está cuidando de nós, está nos dando oportunidade de crescer na fé, e a bênção, desde o princípio, já está assegurada.

Sede bendito, Senhor!


Guardo no fundo do meu coração a vossa palavra, para não vos ofender. Sede bendito, Senhor; ensinai-me vossas leis.
(Sl 118,11-12)

Nossa nova vida em Cristo


Muitas vezes tentamos encontrar um lugar para nossa nova vida em Cristo em nossa velha natureza. Não conseguiremos! Não há lugar para santidade em meio ao pecado. Para uma bênção tão importante e valiosa, é necessária uma nova casa espiritual, onde o Senhor possa habitar e ser glorificado.
(Pr. Paulo R. Barbosa)

quinta-feira, 21 de dezembro de 2017

NOVENA DE NATAL – 6º dia


NOVENA DE NATAL – 6º dia – 21 de dezembro
O sexto dia é para valorizar a SIMPLICIDADE. Simplicidade que é a virtude das almas grandes e das pessoas nobres. Simplicidade que foi o adorno de Maria de Nazaré tal como ela mesma o proclama em seu canto de Magnificat. “Meu espírito se alegra em Deus meu Salvador porque olhou a humildade de sua serva” (Lucas 1, 47-48).
Natal é uma boa época para desterrar o orgulho e tomar consciência de tantos males que conduzem à soberba. Nenhuma virtude nos aproxima tanto dos demais como a simplicidade e nenhum defeito nos afasta tanto como a arrogância. O amor só reina nos corações humildes, capazes de reconhecer suas limitações e de perdoar sua altivez. É graças à humildade que agimos com delicadeza, sem nos crer mais do que ninguém, imitando a simplicidade de um Deus que “se despojou de si mesmo e tomou a condição de servo” (Filipenses 2, 6-11).

Crescer em simplicidade é um admirável presente para nossas relações. Recordemos que nesta pequenez há verdadeira grandeza, e que o orgulho acaba com o amor.

Quando recorremos a Deus


Quando recorremos a Deus, tenhamos plena confiança de que Deus nos atenderá e alcançaremos aquilo que queremos.
(Santo Afonso de Ligório)

A ira do homem não cumpre a justiça de Deus


Já o sabeis, meus diletíssimos irmãos: todo homem deve ser pronto para ouvir, porém tardo para falar e tardo para se irar; porque a ira do homem não cumpre a justiça de Deus.
(Tg 1,19-20)

Seja agradável a Deus!


Não se apresse a fazer a obra de Deus para impressionar os homens.
Seja agradável a Deus!

quarta-feira, 20 de dezembro de 2017

NOVENA DE NATAL – 5º dia


NOVENA DE NATAL – 5º dia – 20 de dezembro
O quinto dia é dedicado ao DIÁLOGO. Toda a Bíblia é um diálogo amoroso e salvífico de Deus com os homens. Um diálogo que leva a seu cume e sua plenitude quando a Palavra de Deus que é Seu Filho, se faz carne, se faz homem, tal como narra São João no primeiro capítulo de seu evangelho. De Deus apoiado na sinceridade, assegurado no respeito e enriquecido pela compreensão, é o que necessitamos em todas nossas relações. Um diálogo em que diariamente “nos revestimos de misericórdia, bondade, humildade, mansidão e paciência”. Colossenses 3, 12.

O diálogo sereno que brota de um sincero amor e de uma alma em paz é o melhor presente que podemos nos dar em dezembro. Assim evitamos que nossa casa seja lugar vazio de afeto onde andamos dispersos como estranhos sob o mesmo teto. Deus concede a todos o dom de nos comunicar sem ofensas, sem julgamentos, sem altivez, e sim com apreço que gera acolhida e aceitação mútua.

Grande desejo


Deus não quer dar-te logo o que pedes, para aprenderes a desejar com grande desejo.
(Santo Agostinho)

Melhor que se deixar abater pelo desânimo


Melhor que se deixar abater pelo desânimo é olhar para o alto e dizer a Deus obrigado pela fé e pela coragem em seguir adiante.
(Pr. Paulo R. Barbosa)

Postagens mais visitadas