.

.
Imagem da reflejosdeluz.net

domingo, 28 de fevereiro de 2010

A Jazida Dos Nossos Sonhos


Visitantes de uma feira puderam ver uma maquete de vidro de uma famosa mina.
O proprietário construiu um túnel de quase dois mil metros em direção ao local onde julgava haver ouro.
Ele gastou 100 mil dólares em seu empreendimento e após um ano e meio de trabalho, desistiu, lamentando o fracasso na tentativa de encontrá-lo.
Outra companhia continuou a escavação do ponto onde o antigo dono havia parado e encontrou uma grande jazida apenas 90 centímetros depois
.
O exemplo colhido deste dono de mina poderá se assemelhar a, muitas situações que tenhamos vivido ou que estejamos passando no momento.
Traçamos muitos planos e empenhamo-nos em pô-los em prática.
Cremos firmemente que seguindo-os, alcançaremos a vida abundante e a felicidade.
Mas nem sempre conseguimos manter a paciência característica dos que creem diante das adversidades.
Sentimo-nos enfraquecidos frente a alguns insucessos e, quase sempre, desistimos da empreitada.
Quando nossos sonhos são alicerçados na confiança em Deus que nos prometeu vitória, mesmo que tenhamos de seguir contra o vento, remar contra a correnteza e escalar montanhas íngremes, nada tirará o nosso fôlego e a nossa fé.
Afinal, se Deus nos manda seguir, custe o que custar e haja o que houver, nós seguiremos.
Ele estará conosco, intercedendo e ajudando, orientando e dirigindo, protegendo e abençoando.
Não importa o quando tenhamos de prosseguir, temos certeza de que chegaremos lá.
A jazida dos grandes sonhos de nossas vidas pode estar bem à nossa frente.
Incontáveis fracassos são experimentados apenas porque não perseveramos em seguir avante. Insista... ...sua recompensa pode estar alguns centímetros adiante.
Abasteça sua fé.

Desconheço a autoria
[imagem da web]

quarta-feira, 24 de fevereiro de 2010

Deus


Deus, Luz infinita, Vida eterna, Amor universal.
Deus, invisível essência e íntima realidade de todas as coisas, visíveis e invisíveis.
Deus, Consciência Cósmica, que tudo permeia e na qual todos os seres se movem, vivem e têm o seu ser.
Deus, no qual tudo existe, do qual tudo vem, para o qual tudo volta.
Deus, eu te agradeço com transportes de júbilo, porque me fizeste conhecer esta grande verdade.
Deus, eu te rogo que me dês a força para que eu viva à luz deste conhecimento e faça da minha vida terrestre um luminoso reflexo da tua luz, vida da tua Vida, amor do teu Amor.
Deus, uma vez que sou imagem e semelhança tua, participante da tua natureza divina, faze com que eu seja também assim como tu és: intensamente verdadeiro, bom e feliz.
Deus, faze de mim um arauto perfeito do teu espírito, aqui na terra e por toda a parte, para que outros homens conheçam por meu intermédio que tu és, como tu és, e tenham o vivo desejo de serem também luz da tua luz, vida da tua vida, amor do teu amor.
Deus, sei que há muitas moradas em tua casa, como disse o teu grande Cristo que visitou a nossa morada terrestre para nos falar do teu reino universal.
Deus, sei que estou aqui nessa morada terrestre para conhecer-te, para amar-te, para servir-te com radiante entusiasmo, e fazer com que outros também te conheçam, te amem, te sirvam do mesmo modo.
Deus, enche-me de tamanha abundância de tua luz, vida e amor que nenhuma ingratidão me faça ingrato, que nenhuma injustiça me faça injusto, amargura me faça amargo, que nenhuma maldade me faça mau, que eu queira antes sofrer mil injúrias do que cometer uma só.
Deus, faze-me tão forte com a tua força que eu suporte serenamente todas as fraquezas humanas sem fraquejar, sem me queixar, nem me revoltar; que eu seja humilde sem servilismo, forte sem aspereza, sábio sem presunção, delicado sem sentimentalismo, que encontre o meu céu na terra em servir aos outros sem nenhum desejo de ser servido.
Deus, eu te agradeço porque me deste a luz de compreender esta verdade redentora — e peço-te que me dês a força de viver, à luz desta verdade, uma vida de amor universal e radiante felicidade.

Extraído do Livro “Imperativos da Vida” de Huberto Rohden
[imagem da web]

terça-feira, 23 de fevereiro de 2010

Amor


ICor 13, 1-8
Ainda que eu falasse as línguas dos homens e dos anjos, se não tiver caridade, sou como o bronze que soa, ou como o címbalo que retine.
Mesmo que eu tivesse o dom da profecia, e conhecesse todos os mistérios e toda a ciência; mesmo que tivesse toda a fé, a ponto de transportar montanhas, se não tiver caridade, não sou nada.
Ainda que distribuísse todos os meus bens em sustento dos pobres, e ainda que entregasse o meu corpo para ser queimado, se não tiver caridade, de nada valeria!
A caridade é paciente, a caridade é bondosa. Não tem inveja. A caridade não é orgulhosa. Não é arrogante.
Nem escandalosa. Não busca os seus próprios interesses, não se irrita, não guarda rancor.
Não se alegra com a injustiça, mas se rejubila com a verdade.
Tudo desculpa, tudo crê, tudo espera, tudo suporta.
A caridade jamais acabará. As profecias desaparecerão, o dom das línguas cessará, o dom da ciência findará.

Filipenses 4, 8-9
Além disso, irmãos, tudo o que é verdadeiro, tudo o que é nobre, tudo o que é justo, tudo o que é puro, tudo o que é amável, tudo o que é de boa fama, tudo o que é virtuoso e louvável, eis o que deve ocupar vossos pensamentos.
O que aprendestes, recebestes, ouvistes e observastes em mim, isto praticai, e o Deus da paz estará convosco.

[imagem da web]

domingo, 21 de fevereiro de 2010

Tudo Novo



Cassiane

Eis que tudo novo se fez
Tudo se fez novo
Novo céu e nova terra, posso ver ...
Novo céu e nova terra, posso ver ...
Todo mal ficou pra traz
Tudo se fez novo
O meu Deus é o Deus que tudo novo faz Ele é Deus
O meu Deus é o Deus que tudo novo faz Ele é Deus
Não mais morte, não mais guerra, não mais dor ...
E pra sempre eternamente na presença do Senhor
Não tristeza, não angústia nunca mais ...
Alegria, eterno dia lá no céu ...
Eis que tudo novo se fez,
Tudo se fez novo
Eu pra sempre filho de Deus vencedor ...
Eu pra sempre filho de Deus vencedor ...
Todo mal ficou pra traz
Tudo se fez novo
Eu com Deus e Deus comigo infinitamente
Eu com Deus e Deus comigo infinitamente

[imagem da web]

sábado, 20 de fevereiro de 2010

Semeadura


Quem planta árvores, colhe alimento.
Quem planta flores, colhe perfume.
Quem semeia trigo, colhe pão.
Quem planta amor, colhe amizade.
Quem semeia alegria, colhe felicidade.
Quem planta a vida, colhe milagres.
Quem semeia verdade, colhe a confiança.
Quem semeia fé, colhe a certeza.
Quem semeia carinho, colhe gratidão.
No entanto, há quem prefira semear:
Tristeza e colher amargura.
Plantar discórdia e colher solidão.
Semear vento e colher tempestade.
Plantar ira e colher inimizade...
Plantar injustiça e colher abandono.
Somos semeadores conscientes,
Espalhamos diariamente milhões de
Sementes ao nosso redor.
Que possamos escolher sempre
As melhores, para que, ao recebermos
A dádiva da colheita farta,
Tenhamos apenas motivos para agradecer.
Que Jesus nos ensine a plantar a dádiva de evangelizar e a colher almas para Cristo.

[autor desconhecido)
[imagem da web]

sexta-feira, 19 de fevereiro de 2010

A lagartixa


Um conferencista compareceu ante o auditório superlotado, carregando consigo um pequeno fardo.
Após cumprimentar os presentes, em silêncio, enfeitou uma mesa forrada com toalha branca de seda, com dezenas de pérolas que trouxera no embrulho e com várias dúzias de flores frescas e perfumadas.
Em seguida apanhou na sacola diversos enfeites de expressiva beleza, e os distribuiu sobre a mesa com graça.
Logo depois, diante do assombro de todos, em meio aos demais objetos, colocou uma pequenina lagartixa, num frasco de vidro.
Só então se dirigiu ao público perguntando:
- O que é que os senhores estão vendo?
E algumas vozes responderam discordantes:
- Um bicho!
- Um lagarto horrível!
- Uma larva!
- Um pequeno monstro!
O conferencista então considerou:
- Assim é o espírito da crítica destrutiva, meus amigos! Os senhores não enxergaram o forro de seda branca que recobre a mesa. Não viram as flores, nem sentiram o seu perfume. Não perceberam as pérolas, nem as outras preciosidades. Mas não passou despercebida aos olhos da maioria, a pequena lagartixa...
E, sorridente, concluiu:
- Me pediram para subir a este palco para falar sobre crítica, portanto nada mais tenho a dizer.

*Quantas vezes não nos temos feito cegos para as coisas valorosas da vida e das pessoas? Se seu filho mostra seu boletim escolar repleto de boas notas, mas com apenas uma nota baixa em determinada matéria, qual é a sua reação? Você enfatiza e elogia as notas boas, ou reclama da nota baixa? Quando agimos assim, sem perceber, podemos estar contribuindo para a formação de uma geração que será caracterizada pelo que não é, e não por aquilo que é. E assim acontece em muitas situações da nossa vida; em vez de focarmos nas flores e nas perolas, colocamos nossa atenção na "lagartixa". Tente substituir a crítica pelo elogio e pelo reconhecimento. Você vai perceber que isso tornará a vida de todos, e principalmente a sua, muito melhor! Que tal treinarmos os nossos olhos para vermos mais o que temos e menos o que nos falta?!*

Autoria desconhecida
[imagem da web]

quinta-feira, 18 de fevereiro de 2010

Oração muito especial


Louvo as Chagas e o Sangue do Cordeiro que curam as fraquezas do meu corpo.
Louvo as Chagas e o Sangue do Cordeiro que curam as fraquezas da minha alma.
Louvo as Chagas e o Sangue do Cordeiro que curam as fraquezas do meu espírito.
Adoração ao Cordeiro de Deus que derramou Seu Sangue por nós em agonia.
No Seu Sangue há poder para perdoar.
No Seu Sangue há poder para purificar.
No Seu Sangue há poder para salvar.
No Seu Sangue há poder para libertar.
No Seu Sangue há poder para vencer.
No Seu Sangue há poder para renovar.
No Seu Sangue há poder para proteger.
Para aquele que crê no poder do Sangue de Jesus, nada é impossível.
Louvo o Sangue do Cordeiro, que cobre todos os meus pecados, para que não mais sejam vistos.
Louvo o Sangue do Cordeiro, que me purifica de todos os meus pecados e me torna alvo como a neve.
Louvo o Sangue do Cordeiro, que tem o poder de me libertar de todas as minhas correntes e escravidão do pecado.
Louvo o Sangue do Cordeiro, que é mais forte que o meu próprio sangue, infestado de pecado, e que me transforma à imagem de Deus.
Louvo o Sangue do Cordeiro, em que há vitória sobre todos os poderes que querem me oprimir, sobre todo poder do inimigo.
Louvo o Sangue do Cordeiro que me protege das astutas investidas do inimigo.
Louvo o Sangue do Cordeiro que me prepara as vestes nupciais.
Louvo o Sangue do Cordeiro que faz novas todas as coisas.
Aleluia! Amém!

[imagem da web]

quarta-feira, 17 de fevereiro de 2010

Quarta-feira de cinzas


(Mt 6,1-6.16-18)
Ao iniciar a caminhada penitencial nesta quaresma retomamos alguns gestos de piedade, os quais manifestam o íntimo do ser humano: a esmola, um gesto de partilha, favorece a compaixão e relativiza o egoísmo. Pela oração o ser humano se volta para Deus, reconhecendo-se a si mesmo como criatura e a Deus como único absoluto. Através do jejum, privado de algo necessário, deixa de lado o egocentrismo e se abre a nova perspectiva para a realização da vida. Ao vivenciar nossa piedade, de maneira secreta possamos viver uma vida intensa de comunhão e a capacidade de ir ao encontro dos irmãos e irmãs carentes, aos quais se deve socorrer, sendo solidário e fraterno. Só assim, "quem vê o que é feito em segredo, dar-nos-á a recompensa esperada".

Ir. Sônia de Fátima Marani Lunardelli, TCSF.
Fonte: Folhinha do Sagrado Coração de Jesus

[imagem da web]

terça-feira, 16 de fevereiro de 2010

Qual a razão das cinzas na cabeça?


Nas missas realizadas na Quarta-feira de Cinzas, os participantes são abençoados com cinzas. O padre sinaliza a testa de cada participante com cinzas ou as coloca sobre suas cabeças. Os cristãos normalmente deixam as cinzas em sua testa e nos cabelos até o pôr-do-sol, antes de lavá-los. Esse simbolismo relembra a antiga tradição do Oriente Médio de jogar cinzas sobre a cabeça, como sinal de arrependimento perante Deus. De onde vêm essas cinzas? Elas costumam ser obtidas pela queima dos ramos secos entregues nas paróquias e comunidades, que haviam sido abençoados e distribuídos no ano anterior no Domingo de Ramos.

Evaristo Eduardo de Miranda (do livro Guia de Curiosidades Católicas, VOZES).
Fonte: Folhinha do Sagrado Coração de Jesus


[imagem da web]

segunda-feira, 15 de fevereiro de 2010

A pipoca



Rubem Alves

A culinária me fascina. De vez em quando eu até me até atrevo a cozinhar. Mas o fato é que sou mais competente com as palavras do que com as panelas.
Por isso tenho mais escrito sobre comidas que cozinhado. Dedico-me a algo que poderia ter o nome de "culinária literária". Já escrevi sobre as mais variadas entidades do mundo da cozinha: cebolas, ora-pro-nobis, picadinho de carne com tomate feijão e arroz, bacalhoada, suflês, sopas, churrascos.
Cheguei mesmo a dedicar metade de um livro poético-filosófico a uma meditação sobre o filme A Festa de Babette que é uma celebração da comida como ritual de feitiçaria. Sabedor das minhas limitações e competências, nunca escrevi como chef. Escrevi como filósofo, poeta, psicanalista e teólogo — porque a culinária estimula todas essas funções do pensamento.
As comidas, para mim, são entidades oníricas.
Provocam a minha capacidade de sonhar. Nunca imaginei, entretanto, que chegaria um dia em que a pipoca iria me fazer sonhar. Pois foi precisamente isso que aconteceu.
A pipoca, milho mirrado, grãos redondos e duros, me pareceu uma simples molecagem, brincadeira deliciosa, sem dimensões metafísicas ou psicanalíticas. Entretanto, dias atrás, conversando com uma paciente, ela mencionou a pipoca. E algo inesperado na minha mente aconteceu. Minhas idéias começaram a estourar como pipoca. Percebi, então, a relação metafórica entre a pipoca e o ato de pensar. Um bom pensamento nasce como uma pipoca que estoura, de forma inesperada e imprevisível.
A pipoca se revelou a mim, então, como um extraordinário objeto poético. Poético porque, ao pensar nelas, as pipocas, meu pensamento se pôs a dar estouros e pulos como aqueles das pipocas dentro de uma panela. Lembrei-me do sentido religioso da pipoca. A pipoca tem sentido religioso? Pois tem.
Para os cristãos, religiosos são o pão e o vinho, que simbolizam o corpo e o sangue de Cristo, a mistura de vida e alegria (porque vida, só vida, sem alegria, não é vida...). Pão e vinho devem ser bebidos juntos. Vida e alegria devem existir juntas.
Lembrei-me, então, de lição que aprendi com a Mãe Stella, sábia poderosa do Candomblé baiano: que a pipoca é a comida sagrada do Candomblé...
A pipoca é um milho mirrado, subdesenvolvido.
Fosse eu agricultor ignorante, e se no meio dos meus milhos graúdos aparecessem aquelas espigas nanicas, eu ficaria bravo e trataria de me livrar delas. Pois o fato é que, sob o ponto de vista de tamanho, os milhos da pipoca não podem competir com os milhos normais. Não sei como isso aconteceu, mas o fato é que houve alguém que teve a idéia de debulhar as espigas e colocá-las numa panela sobre o fogo, esperando que assim os grãos amolecessem e pudessem ser comidos.
Havendo fracassado a experiência com água, tentou a gordura. O que aconteceu, ninguém jamais poderia ter imaginado.
Repentinamente os grãos começaram a estourar, saltavam da panela com uma enorme barulheira. Mas o extraordinário era o que acontecia com eles: os grãos duros quebra-dentes se transformavam em flores brancas e macias que até as crianças podiam comer. O estouro das pipocas se transformou, então, de uma simples operação culinária, em uma festa, brincadeira, molecagem, para os risos de todos, especialmente as crianças. É muito divertido ver o estouro das pipocas!
E o que é que isso tem a ver com o Candomblé? É que a transformação do milho duro em pipoca macia é símbolo da grande transformação porque devem passar os homens para que eles venham a ser o que devem ser. O milho da pipoca não é o que deve ser. Ele deve ser aquilo que acontece depois do estouro. O milho da pipoca somos nós: duros, quebra-dentes, impróprios para comer, pelo poder do fogo podemos, repentinamente, nos transformar em outra coisa — voltar a ser crianças! Mas a transformação só acontece pelo poder do fogo.
Milho de pipoca que não passa pelo fogo continua a ser milho de pipoca, para sempre.
Assim acontece com a gente. As grandes transformações acontecem quando passamos pelo fogo. Quem não passa pelo fogo fica do mesmo jeito, a vida inteira. São pessoas de uma mesmice e dureza assombrosa. Só que elas não percebem. Acham que o seu jeito de ser é o melhor jeito de ser.
Mas, de repente, vem o fogo. O fogo é quando a vida nos lança numa situação que nunca imaginamos. Dor. Pode ser fogo de fora: perder um amor, perder um filho, ficar doente, perder um emprego, ficar pobre. Pode ser fogo de dentro. Pânico, medo, ansiedade, depressão — sofrimentos cujas causas ignoramos.Há sempre o recurso aos remédios. Apagar o fogo. Sem fogo o sofrimento diminui. E com isso a possibilidade da grande transformação.
Imagino que a pobre pipoca, fechada dentro da panela, lá dentro ficando cada vez mais quente, pense que sua hora chegou: vai morrer. De dentro de sua casca dura, fechada em si mesma, ela não pode imaginar destino diferente. Não pode imaginar a transformação que está sendo preparada. A pipoca não imagina aquilo de que ela é capaz. Aí, sem aviso prévio, pelo poder do fogo, a grande transformação acontece: PUF!! — e ela aparece como outra coisa, completamente diferente, que ela mesma nunca havia sonhado. É a lagarta rastejante e feia que surge do casulo como borboleta voante.
Na simbologia cristã o milagre do milho de pipoca está representado pela morte e ressurreição de Cristo: a ressurreição é o estouro do milho de pipoca. É preciso deixar de ser de um jeito para ser de outro.
"Morre e transforma-te!" — dizia Goethe.
Em Minas, todo mundo sabe o que é piruá. Falando sobre os piruás com os paulistas, descobri que eles ignoram o que seja. Alguns, inclusive, acharam que era gozação minha, que piruá é palavra inexistente. Cheguei a ser forçado a me valer do Aurélio para confirmar o meu conhecimento da língua. Piruá é o milho de pipoca que se recusa a estourar.
Meu amigo William, extraordinário professor pesquisador da Unicamp, especializou-se em milhos, e desvendou cientificamente o assombro do estouro da pipoca. Com certeza ele tem uma explicação científica para os piruás. Mas, no mundo da poesia, as explicações científicas não valem.
Por exemplo: em Minas "piruá" é o nome que se dá às mulheres que não conseguiram casar. Minha prima, passada dos quarenta, lamentava: "Fiquei piruá!" Mas acho que o poder metafórico dos piruás é maior.
Piruás são aquelas pessoas que, por mais que o fogo esquente, se recusam a mudar. Elas acham que não pode existir coisa mais maravilhosa do que o jeito delas serem.
Ignoram o dito de Jesus: "Quem preservar a sua vida perdê-la-á".A sua presunção e o seu medo são a dura casca do milho que não estoura. O destino delas é triste. Vão ficar duras a vida inteira. Não vão se transformar na flor branca macia. Não vão dar alegria para ninguém. Terminado o estouro alegre da pipoca, no fundo a panela ficam os piruás que não servem para nada. Seu destino é o lixo.
Quanto às pipocas que estouraram, são adultos que voltaram a ser crianças e que sabem que a vida é uma grande brincadeira...
"Nunca imaginei que chegaria um dia em que a pipoca iria me fazer sonhar. Pois foi precisamente isso que aconteceu".

O texto acima foi extraído do jornal "Correio Popular", de Campinas (SP), onde o escritor mantém coluna bissemanal. www.releituras.com/rubemalves
[imagem da web]

domingo, 14 de fevereiro de 2010

Pelo Sangue De Jesus



Álvaro Tito

Quantas vezes tens chorado aos pés do Senhor
e agora prontamente Deus atende o teu clamor
eis que agora um anjo traz a benção pra você
e a vitória você vai receber

pelo sangue de Jesus tu vais vencer
no sangue de Jesus tem poder
pelo sangue de Jesus comece a cantar
pelo sangue de Jesus Deus vai operar.

Deus conhece o teu ser e jamais te esqueceu
lembras quando aflito estava e ele te socorreu
agora uma vez mais tu sentirás
o teu poder, pois lá do céu
sobre ti Ele vai descer.

pelo sangue de Jesus tu vais vencer
no sangue de Jesus tem poder
pelo sangue de Jesus comece a cantar
pelo sangue de Jesus Deus vai operar.

Deus está olhando agora o teu coração
quer encher tua vida o teu ser de plena unção
agora todo mal que te aflige vai sair,
pois o poder de Deus está sobre ti.

[imagem da web]

sábado, 13 de fevereiro de 2010

Deus te ama!



Evandro, muito desanimado, entrou numa igreja e em determinado momento disse para Deus:
- Senhor, aqui estou porque em igrejas não há espelhos, pois nunca me senti satisfeito com minha aparência.
Subitamente uma folha de papel caiu aos seus pés, vinda do alto do templo. E ele a apanhou e nela viu a seguinte mensagem:

“Minha criatura, nenhuma das minhas obras veio ou ficou sem beleza, pois a feiura é invenção dos homens e não minha.
Não importa se um corpo é gordo ou magro: ele é o templo do Espírito e este é eterno.
Não importa se braços são longos ou curtos: sua função é o desempenho do trabalho honesto.
Não importa se as mãos são delicadas ou grosseiras: sua função é dar e receber o Bem.
Não importa a aparência dos pés: sua função é tomar o rumo do Amor e da Humildade.
Não importa o tipo de cabelo, se ele existe ou não numa cabeça: o que importa são os pensamentos que por ela passam.
Não importa a forma ou a cor dos olhos: o que importa é que eles vejam o valor da Vida.
Não importa um formato de nariz: o que importa é inspirar e expirar a Fé.
Não importa se a boca é graciosa ou sem atrativos: o que importa são as palavras que saem dela.”

Não esqueça: você é importante para Deus. Coloque-se nos braços de Jesus e deixe Ele realizar maravilhas!
Fonte: www.padremarcelorossi.com.br
[imagem da web]

sexta-feira, 12 de fevereiro de 2010

Doação verdadeira



Antônio por detrás do balcão olhava a rua de forma distraída. Uma garotinha se aproximou da loja e amassou o narizinho contra o vidro da vitrine. Os olhos da cor do céu brilhavam quando viu um determinado objeto. Entrou na loja e pediu para ver o colar de turquesa azul.
- É para minha irmã. Pode fazer um pacote bem bonito? Diz ela.
O dono da loja olhou desconfiado para a garotinha e lhe perguntou:
- Quanto de dinheiro você tem?
Sem hesitar, ela tirou do bolso da saia um lenço todo amarradinho e foi desfazendo os nós. Colocou-o sobre o balcão e feliz, disse:
- Isso dá?
Eram apenas algumas moedas que ela exibia orgulhosa.
- Sabe, quero dar este presente para minha irmã mais velha. Desde que morreu nossa mãe ela cuida da gente e não tem tempo para ela. É aniversário dela e tenho certeza que ficará feliz com o colar que é da cor de seus olhos.
O homem foi para o interior da loja, e começou a chorar, lembrou-se da sua mãe. Colocou o colar em um estojo, embrulhou com um vistoso papel vermelho e fez um laço caprichado com uma fita verde.
- Tome, disse para a garota. Leve com cuidado.
Ela saiu feliz saltitando pela rua abaixo. Ainda não acabara o dia quando uma linda jovem de cabelos loiros e maravilhosos olhos azuis adentrou a loja. Colocou sobre o balcão o já conhecido embrulho desfeito e indagou:
- Este colar foi comprado aqui?
- Sim, senhora.
- E quanto custou?
- Ah, falou o dono da loja. O preço de qualquer produto da minha loja é sempre um assunto confidencial entre o vendedor e o cliente.
A moça continuou:
- Mas minha irmã tinha somente algumas moedas! O colar é verdadeiro, não é? Ela não teria dinheiro para pagá-lo!
O homem tomou o estojo, refez o embrulho com extremo carinho, colocou a fita e o devolveu à jovem.
- Ela pagou o preço mais alto que qualquer pessoa pode pagar, como minha falecida mãe me ensinou ELA DEU TUDO O QUE TINHA.
O silêncio encheu a pequena loja e duas lágrimas rolaram pela face emocionada da jovem enquanto suas mãos tomavam o pequeno embrulho.

Verdadeira doação é dar-se por inteiro, sem restrições.
Gratidão de quem ama não coloca limites para os gestos de ternura.
Seja sempre grato, mas não espere pelo reconhecimento de ninguém.
Gratidão com amor não apenas aquece quem recebe, como reconforta quem oferece.
Doar-se é dar-se por inteiro, é dizer sim a Deus, é uma gratidão que não coloca limites, é ser grato mas não esperar reconhecimento de ninguém.
Gratidão com amor não apenas aquece quem recebe, mas reconforta quem oferece
.
Fonte: www.padremarcelorossi.com.br

[imagem da web]

quinta-feira, 11 de fevereiro de 2010

Oração pela cura interior e física



Senhor Jesus Cristo, creio que és o Filho ressuscitado e glorioso de Deus Pai e que estás aqui entre nós, vivo e intercedendo por mim, amando-me e querendo ajudar-me. A Ti entrego-me, confiantemente, porque sei que me queres curar e és onipotente para isso!
Senhor Jesus, rogo-Te: Perdoa meus pecados, falhas e omissões e cura principalmente em mim os meus maus hábitos. Quero, com a Tua graça, perdoar aos que me ofenderam e me magoaram.
Jesus Cristo, meu Deus e meu Amigo, neste instante aceito-Te como meu amado Salvador e Senhor, único dono de todas as áreas do meu ser, de tudo o que sou e do que possuo.
Jesus, meu Senhor e Rei, peço-Te que entres agora na minha vida e permaneças comigo, conforme Tu o prometeste: "Eis que estou convosco todos os dias, até o fim do mundo” (Mt 28,20b). Eu creio na Tua Palavra.
Senhor Jesus, eu Te entrego, neste momento, a minha mente, a minha vontade e toda a minha vida, pois quero que sejas o centro do meu viver, não mais sendo o egoísmo o centro da minha vida.
Meu Redentor e meu Irmão, mostra-me o propósito maravilhoso que tens para a minha vida neste mundo e na eternidade. Eu aceito o plano amoroso e salvador do Pai Eterno para mim.
Meu Senhor e meu Deus, dá-me a Tua paz e o Teu poder, para que eu possa agradar-Te em todos os meus atos, aceitar minhas condições atuais e as futuras que bondosamente planejas.
Senhor Jesus, renova-me totalmente, porque sei que é essa a Tua vontade para mim agora.
Agradeço-Te, meu Senhor e meu Deus, porque estás me curando e ungindo com o Teu poder infinito e Teu eterno amor, que cura e salva. Agradeço-Te o Teu grande interesse por mim, porque sei que Tua salvação se estende a todas as áreas do meu ser para me curar.
Meu Jesus, peço-Te: Passeia nos corredores da minha mente, do meu subconsciente e inconsciente, apagando todas as lembranças dolorosas e irrigando-me totalmente com Teu Sangue salvador, tanto o meu cérebro como todas as demais áreas que carecem de saúde.
Meu Salvador, creio na Tua promessa de que, a todos os que Te recebem no coração,Tu dás o poder de serem feitos filhos de Deus Pai (cf. Jo 1,12). Creio que, neste instante, recebi o Espírito de adoção filial: renasci como filhinho de Teu Pai Celestial e O amo como meu Eterno Pai.
Jesus Cristo, Senhor Todo-Poderoso do universo, creio também que Deus Pai nos dá a vida eterna quando Te aceitamos como Salvador, porque a fonte da vida sem fim e da saúde está em Ti, no poder da Tua cruz, aceita por Ti para nossa salvação e eterna felicidade.
Sei, meu bom Jesus, que sofreste a paixão por amor a mim e agradeço-Te muito pelo Teu grande amor.
Senhor Jesus, salva-me e retira-me do meio da tristeza para eu celebrar alegremente Teu Santo Nome de Redentor e Libertador do universo e me gloriar no louvor do Pai celestial.
Meu Senhor e Salvador Jesus, creio que ressuscitaste e estás, neste instante, sentado à direita do Pai Celestial, no Teu trono de Glória, intercedendo por mim e pelos que amas. Jesus, Filho de Davi, preciso de Ti, vem curar-me, salvar-me, libertar-me de todo mal!
Senhor Jesus, creio que, neste instante, me libertaste de toda enfermidade e Te agradeço.
Jesus, meu Senhor e meu Deus, peço-Te que também cures todas as pessoas que sofrem.
Amém. Aleluia!

Louvemos o Senhor!
Glórias a Ti, Senhor Jesus Cristo!
Roga por mim, ó Virgem Santa, e envolve-me no teu manto de proteção.
Amém!

[imagem da web]

quarta-feira, 10 de fevereiro de 2010

Eclesiástico, 7 - Para evitar a presunção


Não pratiques o mal, e o mal não te iludirá.
Afasta-te da injustiça, e a injustiça se afastará de ti.
Meu filho, não semeies o mal nos sulcos da injustiça, e dele não recolherás o sétuplo.
Não peças ao Senhor o encargo de guiar outrem, nem ao rei um lugar de destaque.
Não te justifiques perante Deus, pois ele conhece o fundo dos corações; não pretendas parecer sábio diante do rei.
Não procures tornar-te juiz, se não fores bastante forte para destruir a iniquidade, para que não aconteça que temas perante um homem poderoso, e te exponhas a pecar contra a equidade.
Não ofendas a população inteira de uma cidade, não te lances em meio da multidão.
Não acrescentes um segundo pecado ao primeiro, pois mesmo por causa de um só não ficarás impune.
Não te deixes levar ao desânimo.
Não descuides de orar nem de dar esmola.
Não digas: Deus há de considerar a quantidade de meus dons; quando os oferecer ao Deus Altíssimo, ele os há de aceitar.
Não zombes de um homem que está na aflição, pois há alguém que humilha e exalta: Deus que tudo vê.
Não inventes mentira contra teu irmão, não inventes nenhuma mentira contra teu amigo.
Cuida-te para não dizeres mentira alguma, pois o costume de mentir é coisa má.
Na companhia dos anciãos, não sejas falador, não multipliques as palavras em tua oração.
Não abomines as tarefas penosas, nem o labor da terra, que foi criado pelo Altíssimo.
Não te coloques no número das pessoas corrompidas,
lembra-te de que a cólera não tarda.
Humilha profundamente o teu espírito, pois o fogo e o verme são o castigo da carne do ímpio.

[imagem da web]

terça-feira, 9 de fevereiro de 2010

Oferta Agradável a Ti



Cassiane

A tua palavra escondi, guardada no meu coração
Pra eu não pecar contra ti, Senhor
A tua palavra escondi.
Minhas vestes no sangue lavei
E das tuas águas bebi.
Pra ser uma oferta agradável a ti
Minha vida a ti consagrei
Meus dons e talentos são pra te servir
Meu dons preciosos são teus
Não vejo razão na minha vida sem ti
Tu és meu Senhor e meu Deus
Assim como fogo refina o ouro
Vem tua obra em mim completar
Até que o mundo possa ver
Tua glória em meu rosto brilhar

[imagem da web]

segunda-feira, 8 de fevereiro de 2010

Algo para nunca esquecer



Sua presença é um presente para o mundo.
Você é único, única, e só há um igual a você.
Sua vida pode ser o que você quer que ela seja.
Viva os dias, apenas um de cada vez.
Conte suas bênçãos, não seus problemas.
Você os superará venha o que vier.
Dentro de você há muitas respostas.
Compreenda, tenha coragem, seja forte.
Não coloque limites em si mesmo.
Muitos sonhos estão esperando para serem realizados.
As decisões são muito importantes para serem deixadas ao acaso.
Alcance seu máximo, seu melhor e seu prêmio.
Nada consome mais energia do que a preocupação.
Quanto mais tempo se carrega um problema, mais pesado ele fica.
Não leve as coisas tão a sério.
Lembre-se que um pouco de amor dura muito.
Lembre-se muito disso: dura para sempre.
Lembre-se que a amizade é um investimento sábio.
Os tesouros da vida são todas as pessoas.
Perceba que nunca é tarde demais.
Faça coisas simples de uma forma simples.
Tenha saúde, esperança e felicidade.
Encontre tempo para Deus, e lembre-se que Ele é quem te ergue e fortalece.
E nunca esqueça, o quanto você é especial...

(desconheço a autoria)
[imagem reflejosdeluz.net]

domingo, 7 de fevereiro de 2010

A jabuticabeira



Um jovem se aproximou de um senhor idoso e perguntou:
- Que planta é esta que o senhor está cuidando?
- É uma jabuticabeira - respondeu o velho.
- E ela demora quanto tempo para dar frutos?
- Ah, pelo menos uns quinze anos - informou o homem.
- E o senhor espera viver tanto tempo assim? – indagou irônico, o rapaz.
- Não, não creio que viva tudo isso, pois já estou no fim da minha jornada, disse o ancião.
- Então, que vantagem você leva com isso, meu velho?
E o velhinho respondeu calmamente:
- Nenhuma, exceto a vantagem de saber que ninguém colheria jabuticabas se todos pensassem como você...


Que seria de nós, se não plantássemos hoje a semente que servirá de alimento manhã?
Não podemos estar voltados somente para nós mesmos. Temos que pensar, também, nas gerações que estão por vir.
Temos que dar nossa colaboração. Muitas medidas tomadas hoje repercutirão no futuro.
Tomara que você sinta orgulho de poder fazer, de alguma forma, parte dele e ter dado a sua contribuição.

Fonte: www.padremarcelorossi.com.br
[imagem da web]

sábado, 6 de fevereiro de 2010

Vivendo em plenitude


No dia que morre, enquanto o sol puxa a sua colcha de nuvens para se cobrir, aconchegando-se no poente, permita-se um tempo para refletir.
O que você fez hoje o deixou feliz?
...
Mas, você está verdadeiramente feliz? Dentro de você, sente que utilizou o melhor possível esse dia que adormece, encobrindo-se nas dobras da noite?
...
Viva!
E, quando o sono for se aproximando, convidando-o ao repouso físico, não se entregue a ele, antes de orar a Deus, em gratidão pelas horas vividas.
Agradeça a sua vida. A maravilhosa vida que você tem.
Agradeça por sua capacidade de amar. E pelo amor que tem.

[Fonte: web]

sexta-feira, 5 de fevereiro de 2010

A corrida



Era uma vez uma corrida de sapinhos.
Eles tinham que subir uma grande torre e, atrás havia uma multidão, muita gente que vibrava com eles. Começou a competição. A multidão dizia: "Não vão conseguir, não vão conseguir!" Os sapinhos iam desistindo um a um, menos um deles que continuava subindo. E a multidão continuava a aclamar: Vocês não vão conseguir, vocês não vão conseguir. E os sapinhos iam desistindo, menos um, que subia tranquilo, sem esforços. Ao final da competição, todos os sapinhos desistiram, menos aquele. Todos queriam saber o que aconteceu, e quando foram perguntar ao sapinho como ele conseguiu chegar até o fim, descobriram que ele era SURDO.

Dê ouvidos somente a Jesus, Ele é que conduz sua vida e seus passos! Te ama eternamente!! E seja surdo aos apelos negativos.

[imagem da web]

quinta-feira, 4 de fevereiro de 2010

Eclo 2, 1-6



Meu filho, se entrares para o serviço de Deus, permanece firme na justiça e no temor, e prepara a tua alma para a provação; humilha teu coração, espera com paciência, dá ouvidos e acolhe as palavras de sabedoria; não te perturbes no tempo da infelicidade, sofre as demoras de Deus; dedica-te a Deus, espera com paciência, a fim de que no derradeiro momento tua vida se enriqueça. Aceita tudo o que te acontecer. Na dor, permanece firme; na humilhação, tem paciência. Pois é pelo fogo que se experimentam o ouro e a prata, e os homens agradáveis a Deus, pelo cadinho da humilhação. Põe tua confiança em Deus e ele te salvará; orienta bem o teu caminho e espera nele. Conserva o temor dele até na velhice.

[imagem da web]

quarta-feira, 3 de fevereiro de 2010

O Chamado



Cassiane

Desde o ventre de minha mãe, tu já me sondavas
Sei que ali o meu futuro, tu já traçavas
Usada para uma grande bênção era o que eu devia ser
Segundo a tua infinita graça, segundo o teu querer
E ser um instrumento de valor, um canal do teu poder
Hoje sei que minha história é feliz, pois o Senhor a escreveu
O chamado foi selado no Senhor para eu ser expressão do seu amor
Ao ouvir a Sua voz eu disse sim e o Senhor então se revelou a mim
O chamado foi selado no Senhor para eu ser expressão do seu amor
Ao ouvir a Sua voz eu disse sim e o Senhor então se revelou a mim
Ao sentir o Senhor tocar através do meu louvor
Posso então claro contemplar minha vida em Seu louvor
O chamado foi selado no Senhor...

[imagem da web]

terça-feira, 2 de fevereiro de 2010

Amor e inteligência



A religiosidade é inerente ao homem.
Sob as mais diversas formas e em todas as épocas, a Humanidade procurou relacionar-se com a Divindade. Por muito tempo imperou a idéia de que Deus deveria ser temido. O Criador era apresentado, por muitas tradições, como cioso e vingativo.
Jesus reformulou esse conceito, ao falar em um Pai amoroso e justo. Convidado a indicar o maior mandamento da Lei Divina, Ele sentenciou:
Amar a Deus de todo o coração, de toda a alma e de todo o Espírito. E também amar ao próximo como a si mesmo.
É interessante notar que, ao invés de um, o Cristo apresentou, de uma vez, dois mandamentos. Um fala em amor a Deus e o outro em amor ao próximo. Isso prova que tais comandos são entrelaçados. O amor ao próximo complementa o amor a Deus e vice-versa. Segundo o Mestre Nazareno, Deus deve ser amado com todo o coração, toda a alma e todo o Espírito. Percebe-se ser esse amor algo muito intenso e profundo, que reclama a criatura por inteiro. O sentimento por si só não basta.
Quando se quer enfatizar o aspecto emocional, fala-se em coração. Mas à Divindade não se deve dar apenas o coração. Todo o Espírito necessita estar empenhado nessa relação.
(...).
Deus brindou Suas criaturas com dons maravilhosos, os quais precisam ser valorizados. O dom que distingue os homens do restante da Criação é a sua intelectualidade desenvolvida, a sua razão. O amor a Deus pressupõe respeitar o Mundo e os seres que Ele criou.
(...)
Ao crescer em entendimento e compreensão, enche-se de admiração pela grandeza e pela sabedoria Divinas. Mas o amor ao próximo complementa o amor a Deus.
As faculdades desenvolvidas pelo estudo e a observação devem ser utilizadas em benefício do semelhante.
Assim, para bem cumprir o mandamento do amor, procure desenvolver sua inteligência.
Estude uma língua, faça um curso, leia um livro, ilustre-se. Encante-se com as maravilhas que o cercam. E utilize seus talentos em favor do próximo.

Fonte: www.reflexao.com.br
[imagem da web]

segunda-feira, 1 de fevereiro de 2010

Fazendo círculos com a caneta da fé



A mãe de Raquel, uma menina de sete anos, ficou surpresa ao ver a filha com seu novo livro de histórias bíblicas, circulando, com uma caneta, a palavra Deus toda vez que esta aparecia.
Reprimindo seu desejo de repreender a menina por estragar o livro novo, calmamente a mãe perguntou:
- Por que você está fazendo isso?
Raquel respondeu objetivamente:
- Para que eu saiba onde achar Deus na hora que eu precisar dele.

Apesar da ingenuidade da criança, ela teve a idéia certa. Nas horas de grande aflição, precisamos saber onde achar, na Bíblia, a ajuda do Senhor.
Quantas vezes, ao enfrentar uma grande provação, ficamos desnorteados sem saber o que fazer e a quem buscar para aliviar a pressão que nos envolve e para nos orientar sobre que decisões tomar.
Como um manual de consolo e socorro espiritual, a Palavra de Deus nos traz as respostas que certamente darão paz e alegria aos nossos corações mesmo nas horas de grandes tormentas.
Quando estivermos enfrentando uma prova de enfermidade, apresentemos tudo ao Médico dos médicos que afirmou: “Eu Sou o Senhor que Te sara.”
Ao enfrentar o desemprego ou a falta de dinheiro para algo importante, apeguemo-nos à palavra: “Deus suprirá todas as vossas necessidades.”
Se as forças nos faltam e tudo parece perdido, alegremo-nos e descansemos diante do Pai que nos diz: “Sou Teu Deus; Eu Te fortaleço, e Te ajudo, e Te sustento.”
Se nos sentimos abandonados por tudo e por todos, confiemos no que disse o Senhor Jesus: “Eis que Eu estou convosco todos os dias.”
Precisamos circular as promessas maravilhosas de Deus com a caneta de nossa fé e trazê-las coladas bem junto aos nossos olhos espirituais para que a elas recorramos todas as vezes que forem necessárias.
A sua caneta de fé está carregada? Você a tem usado? Abasteça sua caneta da fé.

(desconheço a autoria)

[imagem da web]

Postagens mais visitadas