.

.
Imagem da reflejosdeluz.net

quarta-feira, 26 de abril de 2017

Quem ama


Quem ama deseja estender a mão, deseja abraçar e confortar, alegra-se ao ver um sorriso no rosto de seus amigos, caminha de mãos dadas com todos de sua casa, vai dormir com o regozijo de ver seu lar iluminado pelas bênçãos do Senhor.
(Pr. Paulo R. Barbosa)

Problemas não são invencíveis


Problemas não são invencíveis.
Há um Deus maior que todas as nossas adversidades.

Viver em grande paz


Que seu desejo seja ver Deus. Seu temor, perdê-Lo. A dor, não comprazer na Sua presença, a satisfação, o que pode conduzi-lo a Ele. E viverá numa grande paz.
(Santa Teresa D’Ávila)

terça-feira, 25 de abril de 2017

Provei e vi




Ó Divindade eterna, ó eterna Trindade, que pela união da natureza divina tanto fizeste valer o sangue de teu Filho unigênito! Tu, Trindade eterna, és como um mar profundo, onde quanto mais procuro mais encontro; e quanto mais encontro, mais cresce a sede de te procurar. Tu sacias a alma, mas de um modo insaciável; porque, saciando-se no teu abismo, a alma permanece sempre sedenta e faminta de ti, ó Trindade eterna, cobiçando e desejando ver-te à luz de tua luz.
Provei e vi em tua luz com a luz da inteligência, o teu insondável abismo, ó Trindade eterna, e a beleza de tua criatura. Por isso, vendo-me em ti, vi que sou imagem tua por aquela inteligência que me é dada como participação do teu poder, ó Pai eterno, e também da tua sabedoria, que é apropriada ao teu Filho unigênito. E o Espírito Santo, que procede de ti e de teu Filho, deu-me a vontade que me torna capaz de amar-te.
Pois tu, ó Trindade eterna, és criador e eu criatura; e conheci – porque me fizeste compreender quando de novo me criaste no sangue de teu Filho – conheci que estás enamorado pela beleza de tua criatura.
Ó abismo, ó Trindade eterna, ó Divindade, ó mar profundo! Que mais poderias dar-me do que a ti mesmo? Tu és um fogo que arde sempre e não se consome. Tu és que consomes por teu calor todo o amor profundo da alma. Tu és de novo o fogo que faz desaparecer toda frieza e iluminas as mentes com tua luz. Com esta luz me fizeste conhecer a verdade.
Espelhando-me nesta luz, conheço-te como Sumo Bem, o Bem que está acima de todo bem, o Bem feliz, o Bem incompreensível, o Bem inestimável, a Beleza que ultrapassa toda beleza, a Sabedoria superior a toda sabedoria. Porque tu és a própria Sabedoria, tu, o pão dos anjos, que no fogo da caridade te deste aos homens.
Tu és a veste que cobre minha nudez; alimentas nossa fome com a tua doçura, porque és doce sem amargura alguma. Ó Trindade eterna! 

Do Diálogo sobre a divina Providência, de Santa Catarina de Sena

Que imagem Deus tem podido ver em nós?


Que imagem Deus tem podido ver em nós?

Conduza-me


Portanto, oremos e digamos ao nosso Senhor Deus: “Conduza-me, Senhor, pela tua via, e eu caminharei na tua verdade. Alegre-se o meu coração no temor do teu nome”.
(São Boaventura)

Quanto mais o homem se afasta de Deus


Quanto mais o homem se afasta de Deus, mais se aproxima do nada.
(Santo Tomás de Aquino)

Postagens mais visitadas