.

.
Imagem da reflejosdeluz.net

quinta-feira, 31 de dezembro de 2009

Um presente



Se eu pudesse deixar algum presente para você, deixaria aceso o sentimento de amor à vida dos seres humanos. A consciência de aprender tudo o que nos foi ensinado pelo tempo a fora.
Lembraria dos erros que foram cometidos, como sinais para que não mais repetissem.
A capacidade de escolher novos rumos.
Deixaria para você, se pudesse, o respeito àquilo que é indispensável. Além do pão, o trabalho, além do trabalho, a ação.
E quando tudo mais faltasse, para você eu deixaria, se pudesse, um segredo. O de buscar no interior de si mesmo a resposta e a força para encontrar a saída.
Mahatma Gandhi

[imagem da web]

Filho de Maria



Cristo nasceu unicamente de Deus, sem uma mãe; de uma mãe humana, sem um pai. Ele, o Senhor do Céu e da Terra, nasceu de uma mulher, Sua mãe. Ele é também, certamente, o Senhor de Maria.
Sendo o criador do Céu e da Terra, Ele é criador de Maria. Mas, segundo São Paulo, “nascido de uma mulher”, ele é Filho de Maria. O mesmo que é Senhor de Maria é o Filho de Maria. O grande criador de Maria nasceu de Maria! (Sermão de João 8,8-9)

Oração: Glória ao Senhor, à sua misericórdia, à Sua Verdade! A Verdade vem a nós e refresca nosso olho interior, o olho de nosso coração, preparando-nos para o dia em que A fitarmos face a face. (Comentário do Salmo 56,17)

Do livro SANTO AGOSTINHO DIA A DIA, de John E. Rotello, O.S.A. – Ed. Loyola.
[imagem da web]

quarta-feira, 30 de dezembro de 2009

Com Muito Louvor



(Elizeu Gomes)

Deus não rejeita oração, oração é alimento
Nunca vi um justo sem resposta, ou ficar no sofrimento
Basta somente esperar o que Deus irá fazer
Quando Ele estende suas mãos é a hora de vencer
Então louve, simplesmente louve
Tá chorando louve, precisando louve
Tá sofrendo louve, não importa louve
Teu louvor invade o céu...
Deus vai na frente abrindo caminho
Quebrando as correntes, tirando os espinhos
Ordena aos anjos pra contigo lutar
Ele abre as portas pra ninguém mais fechar
Ele trabalha pra o que nele confia
Caminha contigo de noite ou de dia
Erga suas mãos sua bênção chegou
Comece a cantar com muito louvor
Com muito louvor, com muito louvor
Com muito louvor

A gente precisa entender, o que Deus está falando
Quando Ele fica em silêncio, é porque está trabalhando
Basta somente esperar o que Deus irá fazer
Quando Ele estende suas mãos é a hora de vencer
Então louve, simplesmente louve
Tá chorando louve, precisando louve
Tá sofrendo louve, não importa louve
Teu louvor invade o céu...
Deus vai na frente abrindo caminho
Quebrando as correntes, tirando os espinhos
Ordena aos anjos pra contigo lutar
Ele abre as portas pra ninguém mais fechar
Ele trabalha pra o que nele confia
Caminha contigo de noite ou de dia
Erga suas mãos sua bênção chegou
Comece a cantar com muito louvor
Com muito louvor, com muito louvor
Com muito louvor

[imagem da wqeb]

Maria e a Palavra



Maria, como aconteceu a você esse grande bem? Você é uma virgem, você é sagrada, você fez um voto. Como isso aconteceu a você? Ele que a fez é em você gerado.
Sim, Ele por quem Céu e Terra foram feitos, por quem todas as coisas foram feitas, Ele, a palavra de Deus, veio à vida em você e assume isso sem perder sua divindade. (Sermão 291,6)

Oração: Mesmo gerado no ventre de uma mulher, Ele não perdeu Sua divindade. Hoje O contemplamos com os olhos do espírito, extasiados com Sua beleza. (Comentário do Salmo 44,3)

Do livro SANTO AGOSTINHO DIA A DIA, de John E. Rotello, O.S.A. – Ed. Loyola.
[imagem da web]

terça-feira, 29 de dezembro de 2009

Fechando as portas para o mal



Efésios 6,13 diz São Paulo: "Tomai, por tanto, a armadura de Deus, para que possais resistir nos dias maus e manter-vos inabaláveis no cumprimento do vosso dever."

FECHANDO AS PORTAS PARA O MAL
Um homem entrou em uma floresta e pediu às árvores que lhe fornecessem um cabo para seu machado. As árvores concordaram e lhe deram uma jovem arvorezinha.
Tão logo o homem ajustou o cabo novo para seu machado, começou a derrubar as árvores mais nobres da floresta.
Um velho carvalho, lamentando, embora tarde, a destruição de suas companheiras, comentou com um cedro vizinho:
"A primeira atitude acabou levando todas nós à perdição. Se não tivéssemos bobeado, abrindo mão da arvorezinha nós poderíamos contar ainda com nossos privilégios e nos manter por longos anos."

Se nós pecarmos, dando ao inimigo um centímetro apenas de nossas vidas, ele virá e tomará tudo, levando-nos à destruição. Que espaço temos dado ao adversário em nossas vidas ou em nossas atitudes diárias? Temos usado a armadura de Deus em tudo o que fazemos e falamos ou continuamos oferecendo brechas para que ele entre e semeie toda sorte de maldades?
O segredo para nosso bem-estar e felicidade consiste em fechar todas as portas possíveis de entrada do mal em nossos corações.
Envolvendo-nos completamente com as coisas de Deus e deixando rastros de amor no percurso trilhado durante nossa existência, o pecado será rechaçado e Cristo será glorificado em nós.
Deixe Cristo ocupar todos os espaços de sua vida, feche todas as brechas do mal, pois o Senhor está todos os momentos nos falando ao coração.

Fonte: www.padremarcelorossi.com.br.
[imagem da web]

Um grande acontecimento



Deus criou uma civilização para nela nascer, do mesmo modo que criou uma mãe de quem nasceu. Todos temos celebrado tais acontecimentos em cânticos.
Isso Ele fez, Ele que coloca os pobres na companhia dos príncipes. Isso é um grande acontecimento, um grande júbilo. (Comentário do Salmo 86,7-8)

Oração: Deixe que Cristo o salve, Ele, o Filho da Virgem, o esposo das virgens, fisicamente nascido de um ventre virginal e espiritualmente surgido de um matrimônio sagrado. (Virgindade sagrada 2,2)

Do livro SANTO AGOSTINHO DIA A DIA, de John E. Rotello, O.S.A. – Ed. Loyola.
[imagem da web]

segunda-feira, 28 de dezembro de 2009

Você Tem



Quando alguém lhe busca com frio, é porque você tem o cobertor.
Se a tristeza empurra alguém para perto de você, é porque você tem o sorriso.
Se alguém chega com lágrimas, é porque você tem o lenço.
Se a dor impulsiona alguém na sua direção, é porque você tem o curativo.
Quando alguém se acerca com fome, é porque você tem o alimento.
E se o desânimo lhe aproxima um ser, é porque você tem o estímulo necessário.
Quando alguém chega em desespero, é porque você tem a serenidade.
Se alguém foge do tumulto e lhe busca a presença, é porque você tem a tranquilidade.
Quando alguém lhe procura com medo, é porque você tem a segurança.
Quando vem ao seu encontro um coração aflito, é porque você tem a calma.
E se alguém lhe busca com palavras, é porque você tem a capacidade de ouvir.
Quando lhe chega uma alma em conflitos, é porque você tem a temperança.
Se alguém se aproxima com ódio, é porque você tem o amor.
Se alguém lhe confidencia segredos, é porque você possui a discrição.
Se a mágoa lhe traz alguém, é porque você tem o perdão.
Se lhe apresentam a fantasia, é porque você tem a realidade.
Quando lhe trazem versos, é porque você tem a melodia.
Quando lhe estendem as mãos sangrando, é porque você tem o remédio.
Quando alguém lhe chega com a indecisão, é porque você conhece o rumo certo.
Quando alguém lhe chega com carências, é porque você tem a ternura.
E se alguém lhe busca com dúvidas, é porque você tem a fé.
Quando alguém se aproxima com passos vacilantes, é porque você tem a firmeza.
Se alguém se apresenta com a vontade paralisada, é porque você tem o dinamismo.
Quando alguém chega com a mente confusa, é porque você tem a lucidez.
E se alguém se aproxima com os braços abertos, é porque você tem o abraço.
E, por fim, quando alguém lhe apresenta um frasco vazio, é porque você tem o perfume.
Por todas essas razões, nunca deixe alguém que lhe busca partir sem uma resposta, pois ninguém chega até você por acaso.
Ainda que você pense que nada possui para oferecer, isso não é verdade. Se alguém lhe apresenta uma necessidade qualquer, mesmo que velada, é porque você tem algo para oferecer.
...............
De tudo o que Deus criou e que existe no mundo, o mais importante está dentro de você.
São as suas virtudes de esperança, otimismo, coragem, confiança e amor.
Essas qualidades devem brilhar para fazer a sua vida diferente.
Do desabrochar dessas virtudes latentes em seu íntimo, depende a felicidade de muitos.
Deixe-as fluir de dentro de você como um pássaro livre, e perceberá que essa força divina espargirá paz ao seu redor, alcançando a todos aqueles que cruzam o seu caminho.

Fonte: www.momento.com.br
[imagem da web]

Tirar proveito das pequenas coisas



Vê, nós nos importamos com coisas grandes. Levemos em conta as pequenas coisas e tornar-nos-emos grandes. Desejas estar ao lado de Deus nas alturas? Assuma primeiro a humildade de Deus.
Coloca-te na humildade dEle. Aprende a ser humilde. Não cresce arrogante. (Sermão 117,17)

Oração: Ai de mim! Quão alto sois nas alturas e quão profundo nos abismos! Nunca Vos apartais de nós e, contudo, com que dificuldade nos voltamos para Vós! (Confissões 8,3)

Do livro SANTO AGOSTINHO DIA A DIA, de John E. Rotello, O.S.A. – Ed. Loyola.
[imagem da web]

domingo, 27 de dezembro de 2009

Oração pelos falecidos



Pai Santo, Deus eterno e todo-poderoso, nós Vos pedimos .......... (nome do falecido), que chamastes deste mundo. Dai-lhe a felicidade, a luz e a paz. Que ele, tendo passado pela morte, participe do convívio de Vossos santos na luz eterna, como prometestes a Abraão e à sua descendência. Que sua alma nada sofra, e Vos digneis ressuscitá-lo com os Vossos santos no dia da ressurreição e da recompensa. Perdoai-lhe os pecados
para que alcance junto a Vós a vida imortal no reino eterno. Por Jesus Cristo,
Vosso Filho, na unidade do Espírito Santo. Amém.
(Rezar: Pai-Nosso e Ave-Maria)
Dai-lhe, Senhor, o repouso eterno e brilhe para ele a Vossa luz! Amém.

[imagem da web]

Amemos uns aos outros segundo o exemplo de Cristo



Inquestionavelmente, o Senhor indicou-nos a plenitude do amor que devemos ter uns para com os outros, quando nos disse: “Prova de amor maior não há que doar a vida pelo irmão”.
O evangelista João, em sua primeira carta, nos diz que devemos doar nossas vidas aos outros, assim como Cristo doou Sua vida para nós. Amemos uns aos outros assim como Cristo nos amou. (Sermão de João 84,1)

Oração: Senhor, sois meu Salvador, pois protegido estou em Vosso amor, Vós me redimis de meus erros, sendo, assim, meu Redentor. (Comentário do Salmo 18(2),16)

Do livro SANTO AGOSTINHO DIA A DIA, de John E. Rotello, O.S.A. – Ed. Loyola.
[imagem reflejosdeluz.net]

sábado, 26 de dezembro de 2009

Deus tornou-se homem



Desperte humanidade! Por sua causa Deus tornou-se homem! Desperte, você que dorme, renasça e Cristo o iluminará.
Dir-lhe-ei novamente: por sua causa Deus tornou-se homem. Se Ele não tivesse nascido, você permaneceria morto por toda a eternidade. (Sermão 185,1)

Oração: Socorrei-nos e nos redimi, Senhor, em Vosso Nome. (Comentário do Salmo 43,26)

Do livro SANTO AGOSTINHO DIA A DIA, de John E. Rotello, O.S.A. – Ed. Loyola.
[imagem reflejosdeluz.net]

sexta-feira, 25 de dezembro de 2009

É aniversário de Cristo



Que se rejubilem os justos. É aniversário dAquele que dá justiça. Que se rejubilem os fracos e enfermos. É aniversário dAquele que faz o bem às pessoas. Que se rejubilem os cativos. É aniversário do Redentor. Que se rejubilem os escravos. É aniversário do Mestre. Que se rejubilem os livres. É aniversário dAquele que nos faz livres...
Que se rejubilem todos os cristãos. É aniversário de Cristo. (Sermão 184,2)

Oração: Celebremos devotamente este dia; assim como nossa fé O adorou descansando na manjedoura, vamos adorá-Lo agora que reina nos céus. (Sermão 203,3)

Do livro SANTO AGOSTINHO DIA A DIA, de John E. Rotello, O.S.A. – Ed. Loyola.
[imagem da web]

quinta-feira, 24 de dezembro de 2009

SE...



Se você,
ao voltar ao passado,
recordar-se de um antigo ritual:
a procura de um bom galho seco,
cobrir de algodão cada galhinho,
pendurar com cuidado as bolinhas de vidro e o papai Noel,
e, para finalizar, jogar as estrelinhas brilhantes e coloridas
sobre a árvore enfeitada,
e essa lembrança emocionar você...

Se,
ao contemplar seus filhos,
netos ou qualquer criança um dia amada,
e isso lhe trouxer a lembrança
da criança adormecida dentro de você,
e isso lhe transportar para um saudoso tempo de pureza e inocência...

Se você,
com a bênção do Espírito Santo,
ainda ora a Deus
pedindo por cada um de nós
e pela harmonia e equilíbrio na família,
então ainda existe uma esperança
de acreditarmos na importância
do Menino Jesus,
no brilho da estrela cadente,
anunciando sua Luz,
no Papai Noel que sonhamos,
esperamos
e que agora somos.

É hora de preparar
a festa no interior de si mesmo.
Deus aí está,
Esperando a porta se abrir,
Pois Ele é o convidado de honra
para a festa de si mesmo – seu Filho Jesus.

Sandra Medina Costa

[imagem da web]

Humilde e extraordinário



Certamente o nascimento humano de Cristo foi humilde e extraordinário. Por que humilde? Porque, como homem, Ele nasceu de uma criatura humana. Por que extraordinário? Porque nasceu de uma virgem.
Ela concebeu virgem, o fez nascer, virgem, permaneceu virgem. (O Credo 3,6)

Oração: «Senhor, eu não sou digno de que entres debaixo do meu tecto». (Sermão 231,2)

Do livro SANTO AGOSTINHO DIA A DIA, de John E. Rotello, O.S.A. – Ed. Loyola.
[imagem da web]

quarta-feira, 23 de dezembro de 2009

Festa no Interior



- É Natal! – me disseram. – É a Festa Maior! Vamos comemorar o nascimento de Jesus!
- Onde? Onde? Também quero ir. Como faço?


(...)

Passam todos. Passa o tempo.
Sou ponte ainda. E o sou na razão de possibilitar ao outro a passagem, a mudança de lugar, de estado, de servir de meio para conduzir o outro a um lugar melhor. (Submissão? A troco de quê? – me pergunto e não encontro resposta.)
Passa o tempo Passam todos. Drummond diria “Todos passarão e eu, passarinho...”.
E só depois de me pensar tanto tempo como ponte, descubro que é preciso eu ir sozinha, pois esta é uma festa no interior, no meu interior.

(...)

Dentro de mim, minha “casa” precisa, primeiro, estar limpinha. Começo, então, a faxina. – “Quão difícil, meu Deus, retirar aquela sujeira toda, que parece impregnada... São mágoas, sentimentos impuros, lágrimas cristalizadas por dores não choradas...”
Aos poucos, vou limpando a casa e posso, enfim, preparar minha árvore de Natal, o presépio para receber o menino Jesus e decidir sobre os presentes.
- Mas Deus já habita em cada um de nós através da ação do Espírito Santo! – voltaram a me dizer.
“Meu Pai! E eu que não cuidei de limpar a casa todos os dias?! E se houver algum escorpião? O menino Jesus corre perigo!” – Volto pra dentro de mim. Olho cada cantinho para me certificar de que já esteja tudo limpinho e em ordem.
Adormeço.
E nos sonhos, os sinais de Deus: o piscar de luzes, o repicar de sinos, Seu Filho que me acena sorrindo, a fome saciada, a alma em êxtase, um cântico de louvor... escuto ao longe alguém a pedir, tento ouvir, mas... acordo.
Uma sensação de paz me invade... a impressão de ter vivido a melhor festa de Natal de minha vida.

Sandra Medina Costa

[imagem reflejosdeluz.net]

Você pode alcançá-Lo



Por isso Deus tornou-se homem: como você, humano, não poderia alcançar Deus, mas pode alcançar outros humanos; você pode, agora, alcançar Deus através de um homem. Assim Jesus Cristo tornou-se o mediador entre Deus e os humanos.
Deus tornou-se homem para que, enquanto homem, você possa alcançá-Lo, o que, de início, era-lhe impossível. (Comentário do Salmo 134,5)

Oração: Senhor, Vós sois as delícias vitais do coração puro. (Confissões 13,21)

Do livro SANTO AGOSTINHO DIA A DIA, de John E. Rotello, O.S.A. – Ed. Loyola.
[imagem da web]

terça-feira, 22 de dezembro de 2009

Amigos-irmãos



Era chegada a hora.
Há dias esperara com ansiedade a comemoração do seu aniversário. A mãe, como sempre fizera em todos esses anos, preparava a modesta casa com simplicidade e ternura para receber os amigos-irmãos para, juntos, comemorarem o aniversário de seu maior bem – o filho Jesus.
O menino completava agora 7 anos, e crescia em graça e beleza.
Envolvida nos preparativos, Maria não percebera a inquietude do filho, seu entra-e-sai na cozinha, à procura do delicioso bolo de chocolate que lhe fora assegurado em meio a uma infinidade de promessas de bom comportamento dias antes.
Ali estava. Bem ali, ao lado do filtro de barro. O cheiro inconfundível da felicidade atraiu o menino que, sem pestanejar, lançou mão do bolo e esgueirou-se pela porta dos fundos. Foi direto encontrar-se com um grupo de crianças que o aguardavam ansiosas lá no campinho, onde costumavam brincar sempre.
Eram 4:00 h da tarde e o sol, ainda forte, parecia iluminar com especial esplendor aquele lugar.
Rapidamente, um deles forrou o chão com uma velha toalha e o bolo ali foi colocado.
Uma cena rara, de indescritível fascínio e beleza, ali podia ser vista, mas apenas Jesus e as crianças usufruíram daquele mágico momento. Se Maria ali estivesse, certamente teria se emocionado ao ouvir a singela oração que as crianças faziam, com as mãos erguidas sobre seu filho: “Papai do Céu, toma conta de Jesus. Abençoa-o sempre, pois Ele é a nossa luz!
...
- Filho! Cadê você?
Ainda saboreando o bolo, pôs-se em retirada, rumo à voz da ternura que o chamava a compartilhar a vida, a alegria, na inocência de criança que tinha uma missão de luz a cumprir no mundo.
Já há muito habitava entre nós o Filho de Deus...

Sandra Medina Costa

[imagem da web]

A humildade é a vontade de Deus



Sois meros seres humanos, por que sois arrogantes? Por vós, Deus tornou-se humilde. Talvez estaríeis envergonhados de imitar um homem humilde; sendo assim, estaríeis envergonhados de imitar um Deus humilde. O Filho de Deus veio como um homem e tornou-se humilde.
Vossa humildade está em conhecerdes a vós próprios. O orgulho pode ser vossa vontade; a humildade é a vontade de Deus. (Sermão de João 25,16)

Oração: Vós viestes, Ó Cristo, na Vossa aparência humilde. Preenchei por Vosso amor, Vossos seguidores rezam e veneram tal humildade, em todas as nações do mundo. (Comentário do Salmo 53,4)

Do livro SANTO AGOSTINHO DIA A DIA, de John E. Rotello, O.S.A. – Ed. Loyola.
[imagem da web]

segunda-feira, 21 de dezembro de 2009

Maria visita Isabel



Lucas 1, 39-56

Naqueles dias, Maria se levantou e foi às pressas às montanhas, a uma cidade de Judá.
Entrou em casa de Zacarias e saudou Isabel.
Ora, apenas Isabel ouviu a saudação de Maria, a criança estremeceu no seu seio; e Isabel ficou cheia do Espírito Santo.
E exclamou em alta voz: Bendita és tu entre as mulheres e bendito é o fruto do teu ventre.
Donde me vem esta honra de vir a mim a mãe de meu Senhor? Pois assim que a voz de tua saudação chegou aos meus ouvidos, a criança estremeceu de alegria no meu seio.
Bem-aventurada és tu que creste, pois se hão de cumprir as coisas que da parte do Senhor te foram ditas!
E Maria disse:
Minha alma glorifica ao Senhor, meu espírito exulta de alegria em Deus, meu Salvador, porque olhou para sua pobre serva. Por isto, desde agora, me proclamarão bem-aventurada todas as gerações, porque realizou em mim maravilhas aquele que é poderoso e cujo nome é Santo.
Sua misericórdia se estende, de geração em geração, sobre os que o temem.
Manifestou o poder do seu braço: desconcertou os corações dos soberbos.
Derrubou do trono os poderosos e exaltou os humildes. Saciou de bens os indigentes e despediu de mãos vazias os ricos. Acolheu a Israel, seu servo, lembrado da sua misericórdia, conforme prometera a nossos pais, em favor de Abraão e sua posteridade, para sempre.
Maria ficou com Isabel cerca de três meses. Depois voltou para casa.

Maior exemplo de humildade: a mãe de Deus foi servir. Que lindo! Disse “sim” e serviu ao Senhor Deus. Que possamos também nós dizer “sim” a Deus e servi-lo eternamente. Feliz Natal! Que Deus abençoe a cada um!

[imagem da web]

É tempo de cura



Lembre-se de que a raça humana está enferma por seus pecados. Para curar este enorme corpo doente, o Todo-Poderoso, Aquele que Cura veio do céu. Ele, humildemente, deu-se um corpo mortal, vindo para este mundo de pecado.
Venha Aquele que cura. Não é tempo para vãos prazeres, é tempo para ser curado. (Sermão 87,13)

Oração: Senhor, sois meu Salvador e socorreis aqueles que Vos procuram. Sois meu Redentor, pois possibilitastes que eu Vos procurasse. (Comentário do Salmo 18,15)

Do livro SANTO AGOSTINHO DIA A DIA, de John E. Rotello, O.S.A. – Ed. Loyola.
[imagem da web]

domingo, 20 de dezembro de 2009

4º domingo do Advento



Lc 1,39-45

Não é a grandeza, segundo critérios humanos, que é decisiva para Deus. Maria, no Evangelho, é a humilde serva, que, mesmo grávida, vai ajudar sua prima Isabel no fim da gravidez; e que canta a grandeza de seu Senhor no júbilo do Magnificat. João Batista, saltando no seio de sua mãe Isabel, aponta o Salvador escondido sob o coração de Maria. Isabel traduz: "Tu és a mulher mais bendita do mundo e bendito também é o fruto de teu seio... Feliz és tu, que acreditaste". O mistério de Deus só acontece onde é acolhido na fé, na confiança que se coloca nele. O Magnificat demonstra que Deus opera suas grandes obras naqueles que são pequenos, porque não são cheios de si mesmos e lhe deixam espaço. Só acolheremos Jesus de verdade se assumirmos sua atitude. O amor é contagioso. Quem ama imita a quem ama.

Frei Germano Guesser, OFM - Gaspar/SC
Fonte: Folhinha do Sagrado Coração de Jesus

[imagem da web]

O caminho vem a você



Nosso Senhor disse: “Eu sou o Caminho, a Verdade, a Vida”. A Verdade tornou-se o caminho quando Ele assumiu a forma humana.
Ninguém diz a você: “Trabalhe e encontre o Caminho”, mas que você pode vir à Verdade e à Vida. Levante-se, preguiçoso! Ele, o Caminho, veio até você e o tirou do sono. (Sermão 142,1)

Oração: Com razão nEle coloco toda a minha firme confiança, esperando que Vós curareis todas as minhas enfermidades, por intermédio dAquele que, sentado à Vossa Direita, intercede por nós. (Confissões 10,43)

Do livro SANTO AGOSTINHO DIA A DIA, de John E. Rotello, O.S.A. – Ed. Loyola.
[imagem da web]

Em direção ao Pai



Essencialmente, qual é o caminho pelo qual prosseguimos? Cristo disse: “Eu sou o Caminho”. Qual é a Pátria à qual nos dirigimos? Cristo disse: “Eu sou a Verdade”. Nós prosseguimos por Ele, para Ele e permanecemos nEle.
Estávamos doentes e não podíamos nos mover. Então Aquele que Cura veio ao paciente; o caminho estava preparado para o viajante. Deixemos que Ele nos salve; andemos através dEle. (Sermão de 1João 10,1)

Oração: Escutai minha prece, Senhor, e tende piedade de mim. Que vossa misericórdia ouça o meu desejo! (Confissões 11,2)

Do livro SANTO AGOSTINHO DIA A DIA, de John E. Rotello, O.S.A. – Ed. Loyola.
[imagem reflejosdeluz.net]

sexta-feira, 18 de dezembro de 2009

Agora



Paulo Gabriel

Agora que a dor vigia a madrugada
e é noite na terra tão ferida.
Agora que os pobres já nada significam
e o nome de Deus virou negócio.
Agora que o Norte mata a esperança
e fere de morte a alma dos profetas.
Agora que muitos na Igreja não buscam mais o Reino
e cegos defendem a estrutura.
Agora que os corruptos exibem a maldade
e impunes machucam o coração dos puros.
Agora Deus volta:
Frágil como uma flor no meio da calçada,
Livre como a palavra subversiva do poeta,
Pobre como um lavrador sem terra,
Humano como o ventre da Utopia!

[imagem da web]

Cristo, nosso mediador



Cristo, por ser homem, é o mediador entre Deus e a humanidade. Visto que Ele é Deus, Ele não é mediador, mas o próprio Pai. Como poderíamos chegar a Deus quando tais distâncias têm de ser transpostas?
Deus permanece Deus; a humanidade é assumida por Deus. Disso resulta uma única pessoa. Aqui está Deus, nosso libertador; aqui está o homem, nosso mediador. (Sermão 293,7)

Oração: Senhor, protegei-me com o baluarte de Vosso amor e misericórdia! (Comentário do Salmo 16,8)

Do livro SANTO AGOSTINHO DIA A DIA, de John E. Rotello, O.S.A. – Ed. Loyola.
[imagem da web]

quinta-feira, 17 de dezembro de 2009

Consagração dos filhos a Nossa Senhora



Ó boa Mãe Três Vezes Admirável, que és a Mãe do Filho de Deus e que adotaste a nós como filhos, tu compreendes muito bem quão sublime, grandiosa e bela é a missão que nos foi confiada como pais de família. Nas nossas mãos, Deus colocou o futuro da Igreja e da sociedade. A nós, deu o poder de colaborar com Ele na criação, na educação e na formação dos homens de amanhã.
Cientes da nossa responsabilidade e conhecendo a realidade da vida, sentimo-nos incapazes de por nós próprios realizar a grande missão que nos foi confiada.
Por isso, Mãe, cheios de confiança, ajoelhamo-nos diante de ti para te confiar e consagrar nossos filhos. Tu bem sabes a quantos perigos eles estão expostos e como o mundo e o demônio os perseguem querendo destruir neles a dignidade de filhos de Deus e lançá-los na lama do pecado.
Mãe, suplicamos-te humildemente: Vem em auxílio dos nossos filhos e revela neles a tua admirável arte de educar. Acolhe-os no teu bondoso coração. Assiste-os e ampara-os em todas as dificuldades, sobretudo nas horas de tentação.
Conserva-os puros e ensina-lhes a lutar sempre pelo bem. Estende-lhes tua mão e guia-os para Deus. Afasta-os das más companhias e livra-os de todo mal. Guarda neles a graça santificante que receberam no batismo e não permitas que venham a ofender a Deus pelo pecado grave.
Querida Mãe, zela por nossos lares e por nossos filhos. Cuida que jamais nos falte o pão material e o alimento espiritual. Faz crescer em todos nós a fé, a esperança e a caridade. Suscita entre nós costumes cristãos de oração, prática de boas obras e espírito de sacrifício. Ajuda-nos a ter sempre atitudes cristãs de caridade fraterna, perdão mútuo e solidariedade.
Sê tu a Mãe e a educadora de nossos filhos. Que eles vivam realmente como filhos de Deus.
Encaminha-os na vocação que o Pai celeste previu para eles desde a eternidade. Guia-os pela vida e acompanha-os na hora da morte.
Ajuda-nos, Mãe, para que nós, pais, sejamos para nossos filhos verdadeiras imagens de Deus, a fim de que eles encontrem em nós todo o apoio, amor, segurança e compreensão de que necessitam.
Vem, fica conosco no nosso lar. Torna-o semelhante ao lar de Nazaré, onde reine sempre a paz, a união, a alegria e o amor.
Amém.

[imagem da web]

Nascido de uma mulher



Imagine só a incrível bondade e misericórdia! Ele é o Filho Único, mas não deseja permanecer só. Para que os humanos pudessem nascer de Deus, Ele nasceu de humanos.
Gerado de Deus, por Ele fomos criados; nascido de uma mulher, é por Ele que nós seremos recriados. Primeiro, a Palavra desejou nascer de humanos, daí devermos assumir sermos seres nascidos de Deus. (Sermão de João 2,13)

Oração: Ó Palavra, anterior ao tempo, pois fostes Vós quem o criastes; possuís a vida eterna, chamai-nos, então, para que também nos tornemos eternos. (Comentário do Salmo 01(2),10)

Do livro SANTO AGOSTINHO DIA A DIA, de John E. Rotello, O.S.A. – Ed. Loyola.
[imagem reflejosdeluz.net]

quarta-feira, 16 de dezembro de 2009

Boa noite, Senhor meu Deus!



Já há muito terminou o dia
e a noite espera paciente
que eu me acalme e adormeça
no aconchego dos braços Teus.
Boa noite, bondoso Deus!

Agradeço as bênçãos enviadas,
a lembrança que me entristeceu,
as palavras mal faladas que não foram palavras de vida,
o carinho recebido de alguns dos filhos Teus...
Obrigada, amado Deus!

Que Tua bênção que comigo permaneceu
acrescida de Tua presença, graça e luz
também estejam com aqueles que amo,
peço-te em nome de Jesus!
Boa noite, Senhor meu Deus!

Sandra Medina Costa

[imagem reflejosdeluz.net]

Faces limpas



Pecamos? Corrijamo-nos! O caminho não terminou, o dia não findou. Para os homens e os pecados toleráveis, Deus estabeleceu, na Igreja, um tempo de misericórdia para distribuir um remédio diário.
Isso ocorre na missa quando dizemos: “Perdoe nossos pecados...” Por essas palavras, então, com as faces lavadas e limpas, chegamos à mesa para receber o Corpo e o Sangue de Cristo. (Sermão 17,5)

Oração: Para que nos tornássemos Seus Filhos, Ele fez-se Filho de homens, assumindo para si todas as nossas falhas. (Sermão 184,3)

Do livro SANTO AGOSTINHO DIA A DIA, de John E. Rotello, O.S.A. – Ed. Loyola.
[imagem da web]

terça-feira, 15 de dezembro de 2009

Cristo é o Caminho e o Ancoradouro



É diretamente através do Cristo-homem que você vai ao Cristo-Deus. A palavra que estava longe de vocês tornou-se homem entre vocês. Onde você habitará, Ele é Deus; em seu caminho até lá, Ele é homem.
Cristo é o caminho pelo qual você segue e o ancoradouro para o qual você se dirige. (Sermão 261,7)

Oração: Vós sois a verdade que preside a tudo, e eu, na minha avareza, não Vos queria perder. Mas, além de Vós, desejava possuir também a mentira. Foi assim que Vos perdi, porque Vós não permitis que Vos possuamos juntamente com a mentira. (Sagrada Virgindade 36,36)

Do livro SANTO AGOSTINHO DIA A DIA, de John E. Rotello, O.S.A. – Ed. Loyola.
[imagem reflejosdeluz.net]

Com Cristo É Vencer Ou Vencer



Cassiane

Eu sei que a tua vida por aí
não é tão fácil de seguir,
mas avante você tem que ir.
Jesus é quem te ama e te quer bem,
chuvas de benção Ele tem
pra te dar.
Você tem que lutar e acreditar
que a vitória chegará,
pois Jesus é teu escudo.
Então levante e use a tua fé
porque Jesus contigo é.
E nele você pode tudo.

Não pense que a vida acabou,
só lembre que você é vencedor.
Você não é ungido pra perder.
Com Cristo é vencer ou vencer.
Não diga que a vitória nunca vem,
porque vitória pra você Deus tem.
Se o mar da vida em sua frente está,
Deus abre o caminho neste mar.
E você vai passar e cantar de lá:
Só o Senhor é Deus.
O mar vai se fechar e exterminar
os inimigos teus.

[imagem da web]

São João Batista



Muitas coisas podem ser ditas sobre João Batista. Entretanto, se eu pudesse enumerá-las, nunca terminaria de contar e vocês nunca parariam de ouvir.
Encerremos tudo numa só concha: Humanos devem ser humildes e Deus deve ser exaltado. (Sermão 293 D,5)

Oração: Minha glória é poder para sempre proclamar-Vos! Todas as boas coisas vêm de Vós, pois sois Deus, e reunis em Vós todas as coisas. (Comentário do Salmo 29,13)

Do livro SANTO AGOSTINHO DIA A DIA, de John E. Rotello, O.S.A. – Ed. Loyola.
[imagem da web]

domingo, 13 de dezembro de 2009

3º domingo do Advento



(Lc 3,10-18)

A chamada de João para a partilha é de uma atualidade tremenda! Em um país de pobres e miseráveis é impossível falar de conversão, sem apontar gestos concretos de solidariedade. Abrir o coração e as mãos ao necessitado, aos que sofrem a crucificação da fome e da nudez é a condição primeira para acolher o Reino, como dom.
São capazes de acolher o Reino os que se comovem diante dos gritos famélicos, os que se abrem à alegria da vida; são aptos para o Reino os que não se deixam corromper e não aceitam subornos a fim de que a injustiça permaneça, tirando a vida aos crucificados. São aptos para acolher o Reino os que se opõem às graves violações da dignidade humana. Insistir na mudança radical nas relações entre as pessoas, em atitudes concretas, dá a João Batista o privilégio de ser o maior de todos os profetas.

Irmã Magda Brasileiro - Nuevo Laredo/México
Fonte: Folhinha do Sagrado Coração de Jesus

[imagem da web]

Contemplação e atividade



Nenhum de nós deveria ser tão contemplativo a ponto de nessa condição esquecer as necessidades do próximo; nem tão ativo a ponto de não reservar um tempo para contemplar Deus.
Assim, o amor à verdade requer sagrado descanso, enquanto a força do amor que nos leva em frente exige, necessariamente, atividade. Nunca o prazer em aprender deveria ser inteiramente abandonado. (Cidade de Deus 19,19)

Oração: Sois, ó Deus, a Beleza e a Bondade; através de Vós, todas as coisas tornam-se belas e boas. Graças ao Senhor! (Solilóquios 1,1)

Do livro SANTO AGOSTINHO DIA A DIA, de John E. Rotello, O.S.A. – Ed. Loyola.
[imagem da web]

Conte com a ajuda do Senhor



Quando Pedro contou com a ajuda do Senhor, pôde caminhar sobre a água. Quando fizeram-no hesitar, ele voltou-se novamente ao Senhor.
Jesus imediatamente estendeu sua mão para ajudá-lo, fazendo-o flutuar e censurou-o por tal momentânea falta de fé. (Sermão 76,8)

Oração: Rogo a Vós, meu Deus, para que não me deixeis cair; se cair, rogo que me façai retornar a Vós, estabelecer-me e permanecer firme. Bendita seja a Vossa misericórdia. (Solilóquios 1,3)

Do livro SANTO AGOSTINHO DIA A DIA, de John E. Rotello, O.S.A. – Ed. Loyola.
[imagem reflejosdeluz.net]

sexta-feira, 11 de dezembro de 2009

Solidez



Ninguém me arrancará este júbilo,
força embriagadora de meus dias.
Ninguém!
Sou ela agora,
na solidez do meu andar.

Luas e mundos de estrelas,
verde-e-branco,
vermelho-sangue no meu país.

Conheço noites,
desço abismos,
cismo solidões,
sou homem.

Perco-me em horizontes enlagrimados,
mas decidi pra sempre crer na luz!
Trago sol.

Frei Wálter Hugo de Almeida, OFM - Vila Velha/ES
Fonte: Folhinha do Sagrado Coração de Jesus


[imagem da web]

As promessas de Deus realizadas em Cristo



Uma vez que as promessas de Deus parecem impossíveis aos seres humanos – a igualdade com os anjos em troca da mortalidade, da corrupção, da pobreza, da fraqueza, do pó e das cinzas –, Deus instituiu um mediador de Sua boa-fé: não um príncipe ou um anjo, mas Seu próprio Filho.
Deus desejou mostrar-nos, através de Seu Filho, o modo pelo qual Ele nos levaria ao objetivo que Ele próprio prometera. (Comentário do Salmo 110,3)

Oração: Como nos amastes, Ó Pai bondoso! Não perdoastes ao Vosso Filho Único! Vós O entregastes à morte por nós ímpios pecadores! Como nos amastes! (Confissões 10,43)

Do livro SANTO AGOSTINHO DIA A DIA, de John E. Rotello, O.S.A. – Ed. Loyola.
[imagem reflejosdeluz.net]

quinta-feira, 10 de dezembro de 2009

A distância mais curta entre duas pessoas



Alguns pensam no poder pessoal como uma força que emana de alguém e possibilita que o outro alcance a sua excelência individual. Mas o poder pessoal não nasce dentro das pessoas, ele é uma força criada entre elas. Um relacionamento desenvolvido entre duas ou mais pessoas é que tem o poder da influência. O relacionamento entre cônjuges, pais e filhos, amigos, escritor e leitor, professor e aluno ou qualquer outra relação em que nasça a afetividade, o poder pessoal surge. Portanto, o verdadeiro poder pessoal nunca é sobre as pessoas, mas com elas.
Um exemplo disso é o conto O Sorriso, de Antoine Saint-Exupéry (cuja obra mais conhecida é O Pequeno Príncipe). O escritor foi piloto combatente que lutou contra os nazistas e foi morto em ação. Mas antes disso, ele lutou também contra os fascistas na guerra civil espanhola e escreveu a seguinte história baseada nessa experiência:
Um soldado foi capturado e jogado em uma prisão. Foi tratado com hostilidade pelos carcereiros que o executariam no dia seguinte. Mas em um certo momento, bastante tenso, remexeu os bolsos para ver se encontrava algum cigarro. Através das grades, olhou para o carcereiro e falou em voz alta: tem fogo, por favor?
O carcereiro chegou perto da grade para acender o cigarro. Ao se aproximar, seus olhares se encontraram e o prisioneiro, de tão tenso que estava, sorriu...Apenas sorriu. Naquele instante, o sorriso ultrapassou as grades e provocou outro sorriso no carcereiro que, então, resolveu perguntar: você tem filhos?
O prisioneiro pegou sua carteira e, nervosamente, mostrou as fotos da sua família. O carcereiro também mostrou a dos seus niños e começou a falar dos seus planos para eles. O prisioneiro, por sua vez, disse-lhe que nunca mais iria rever a sua família.
De repente, sem nada mais a dizer, o carcereiro destrancou a cela e o conduziu para fora da prisão. Levou-o até os limites da cidade e soltou.
E o sorriso salvou a vida daquele homem...
Muitas vezes, nos protegemos sob a nossa dignidade, nossos títulos, nossos diplomas, nosso status e isso nos afasta dos outros, até mesmo nos isola, e claro, não revela o nosso verdadeiro valor e poder pessoal. O que realmente nos aproxima de outra pessoa e exerce influência real é o contato autêntico de simples expressões de nossas mais belas emoções.

Elisângela Machado de Freitas
Material publicado na e-zine do site www.motivaonline.com.br

[imagem da web]

A chegada de Cristo



O filho único de Deus veio a Terra, tornou-se homem nascendo homem. Precisou morrer, renascer, para sentar à direita do Pai e para cumprir as promessas feitas às nações.
Após tudo isso, Ele novamente veio executar o que havia tratado; contra o mal, recompensando o justo, como havia prometido. (Comentário do Salmo 110,3)

Oração: Senhor, sede o nosso possuidor! Sede a nossa glória! Fazei que sejamos amados só pelo Vosso amor e que a Vossa palavra ache em nós acatamento. (Confissões 10,36)

Do livro SANTO AGOSTINHO DIA A DIA, de John E. Rotello, O.S.A. – Ed. Loyola.
[imagem da web]

quarta-feira, 9 de dezembro de 2009

Abra seu coração ao Senhor



Veja, a voz chama no deserto e quebra o silêncio: “Siga o caminho do Senhor”. Em outras palavras, eu falo a vocês somente para que Deus entre em seus corações.
Mas Ele somente entrará em seus corações se vocês O convidarem com suas fervorosas preces. (Sermão 293,4)

Oração: Ó minha alma, por que tanta preocupação com as coisas terrenas e os cuidados mortais? Permaneça comigo e reze pelo Senhor! (Comentário do Salmo 145,6)

Do livro SANTO AGOSTINHO DIA A DIA, de John E. Rotello, O.S.A. – Ed. Loyola.
[imagem da web]

HINO AO ESPÍRITO SANTO



Doce Espírito Santo, descei sobre nós.
Doce Espírito Santo, apoderai-Vos de nós.
Doce Espírito Santo, repousai sobre nós.

Divino Espírito que sois amigo, cobri-nos.
Divino Espírito que sois presença, vivificai-nos.
Divino Espírito que sois poder, glorificai-nos.
Espírito dos sete dons, revesti-nos da Vossa unção.
Espírito de temor, dai-nos a paz.
Espírito de força, dai-nos a alegria.
Espírito de ciência, dai-nos a simplicidade de coração.
Espírito de piedade filial, dai-nos a confiança.
Espírito de conselho, dai-nos a consolação.
Espírito de inteligência, dai-nos a luz.
Espírito de sabedoria, dai-nos o amor.
Espírito de santidade, não Vos afasteis de nós.
Espírito de santidade, vinde para junto de nós.
Espírito de santidade, vinde acender-nos Vossa efusão.

Dom de Deus Altíssimo, vinde tocar nossos corações.
Raio de luz celeste, vinde cuidar de nossas feridas.
Autor de todo bem, vinde perdoar nossos pecados.
Fonte de água viva, vinde suscitar em nós as graças de Deus.
Fogo consumidor, vinde aumentar a nossa fé.
Unção espiritual, vinde fortificar nossa comunhão.

Espírito de graça, convertei-nos.
Espírito de verdade, instruí-nos.
Espírito de liberdade, libertai-nos.
Espírito de adoção, dai-nos um coração de criança.
Espírito de pureza, santificai-nos.
Espírito de unidade, pacificai-nos.
Espírito de amor, consumi-nos.
Espírito de vida, ressuscitai-nos.

Oremos: Espírito Santo, estamos diante de Vós, e apesar de nossas fraquezas, reunidos em Vosso Nome.
Vinde a nós e ficai conosco!
Penetrai em nossos corações. Ensinai-nos o que devemos fazer, que caminho seguir.
Mostrai-nos como devemos agir para podermos agradar-Vos em tudo.
Vós sejais o inspirador e o doador de nossos pensamentos, e que a ignorância não nos leve a praticar o mal.
Não nos deixemos guiar pela parcialidade, nem por interesses pessoais, mas sejamos firmemente unidos a Vós, para que sejamos uma só coisa Convosco, jamais nos desviando da verdade e contribuindo para a unidade completa.
Espírito Santo, assim como nos reunimos em Vosso Nome, do mesmo modo, guiados pelo Vosso amor, permaneçamos na justiça.
Que nesta terra jamais nos afastemos de Vós, e na vida futura, alcancemos a felicidade eterna.
Amém!

[imagem da web]

terça-feira, 8 de dezembro de 2009

O Hábito



Sou vosso companheiro constante. Sou vosso maior auxiliar ou vossa maior carga. Levar-vos-ei para diante ou vos arrastarei para o fracasso. Estou completamente sob vosso comando. Metade das coisas que fazeis poderiam ser-me entregues e eu as faria com rapidez e correção. Sou facilmente gerenciado – basta que sejais firme comigo.
Mostrai-me exatamente como quereis que faça algo e, depois de algumas lições, o farei automaticamente. Sou o servidor de todas as grandes pessoas, e também de todos os fracassados. Para os fracassados, faço fracassos. Não sou uma máquina, embora trabalhe com toda a precisão e uma mais a inteligência de um ser humano. Podeis me usar para o lucro, ou para a ruína – isso não faz diferença para mim.
Pegai-me, treinai-me, sede firmes comigo e porei o mundo a vossos pés. Sedes fraco comigo e eu vos destruirei.
Quem sou eu? Sou o hábito.

Fonte: O 8º Hábito – Da Eficácia à Grandeza. Stephen Covey – Editora Campus.
[imagem da web]

Maria, a Mãe



Ó fraqueza manifesta, ó extraordinária humildade nas quais toda a grandeza de Deus permanece oculta. A mãe a quem Ele na infância submeteu-se, àquela que O alimentou, Ele, que governa com seu poder, nutriu com a Verdade.
Possa Ele, O que não renunciou diante desse humano sacrifício, aperfeiçoar em nós as bênçãos que nos deu. E Ele possa fazer-nos filhos de Deus, Ele que, por nós, tornou-se humano. (Sermão 184,3)

Oração: Que venha a nós a beleza de Deus, a Palavra Divina, para que possamos contemplá-las com os olhos do espírito. (Comentário do Salmo 44,3)

Do livro SANTO AGOSTINHO DIA A DIA, de John E. Rotello, O.S.A. – Ed. Loyola.
[imagem reflejosdeluz.net]

segunda-feira, 7 de dezembro de 2009

Santo Ambrósio, servo de Deus



Chegando a Milão, encontrei o devotado servo Ambrósio, conhecido por todos como um homem a quem poucos se igualam em bondade.
Vós me levastes a Ambrósio sem eu saber, para ser por ele, conscientemente, levado a Vós. (Confissões 5,13)

Oração: Que eu Vos procure, Ó Senhor, invocando-Vos. E que Vos invoque, crendo em Vós, pois nos fostes pregado. Minha fé que me inspirastes por intermédio da humanidade de Vosso Filho é que Vos invoca! (Confissões 1,1)

Do livro SANTO AGOSTINHO DIA A DIA, de John E. Rotello, O.S.A. – Ed. Loyola.
[imagem reflejosdeluz.net]

A Visita do Sol Nascente



Zacarias, seu pai, ficou cheio do Espírito Santo e profetizou, nestes termos:
Bendito seja o Senhor, Deus de Israel, porque visitou e resgatou o seu povo,
e suscitou-nos um poderoso Salvador, na casa de Davi, seu servo (como havia anunciado, desde os primeiros tempos, mediante os seus santos profetas), para nos livrar dos nossos inimigos e das mãos de todos os que nos odeiam.
Assim exerce a sua misericórdia com nossos pais, e se recorda de sua santa aliança,
segundo o juramento que fez a nosso pai Abraão: de nos conceder que, sem temor,
libertados de mãos inimigas, possamos servi-lo em santidade e justiça, em sua presença, todos os dias da nossa vida.
E tu, menino, serás chamado profeta do Altíssimo, porque precederás o Senhor e lhe prepararás o caminho, para dar ao seu povo conhecer a salvação, pelo perdão dos pecados.
Graças à ternura e misericórdia de nosso Deus, que nos vai trazer do alto a visita do Sol nascente, que há de iluminar os que jazem nas trevas e na sombra da morte e dirigir os nossos passos no caminho da paz.
O menino foi crescendo e fortificava-se em espírito, e viveu nos desertos até o dia em que se apresentou diante de Israel.
Evangelho de São Lucas 1, 67-80

Que nós possamos crescer e nos fortificar no Espírito!

[imagem da web]

domingo, 6 de dezembro de 2009

2º domingo do Advento



Lc 3,1-6

João Batista é o maior profeta do tempo da preparação da vinda de Jesus. Ele aplaina o caminho para o Messias. O Evangelista Lucas situa a vocação de João Batista na história da salvação. A pregação de João prepara a reconciliação com Deus em Jesus Cristo, pela exigência da conversão. Hoje nossas comunidades, herdeiras do povo de Deus, são chamadas, junto com todas as pessoas de boa vontade, a converterem-se para o projeto de Jesus. Muitas "montanhas" devem ser aplainadas, muitos vales preenchidos para que a humanidade conheça a verdadeira paz. Quando não houver mais fome, injustiças, violência, aí sim a conversão será plena. Até que este dia não chegue, continuemos, como João, preparando os caminhos do Senhor.

Frei James Luiz Girardi, OFM - Rio de Janeiro / RJ
Fonte: Folhinha do Sagrado Coração de Jesus

[imagem da web]

A desgraça dos que são guiados pelo orgulho



Desgraçados os que pelo orgulho são guiados, pois eles necessariamente cairão. Vejam as ações humanas. A piedade alimenta o pobre, mas pode ser movida pelo orgulho. Aparentemente não se percebe a diferença.
Mas vá à sua consciência e examine-a. Se seu coração não acusá-lo de ter agido para se vangloriar disso, não tema. Tema somente se tiver agido para ser louvado. (Sermão de 1João 8,9)

Oração: Ó meu Senhor, meu Deus, olhai por mim, ouvi-me, vede-me, compadecei-Vos de mim e curai-me. Sob o Vosso olhar transformei-me, para mim mesmo, num enigma que é a minha própria enfermidade. (Confissões 10,33)

Do livro SANTO AGOSTINHO DIA A DIA, de John E. Rotello, O.S.A. – Ed. Loyola.
[imagem da web]

sábado, 5 de dezembro de 2009

Dois homens



Dois homens, ambos gravemente doentes, estavam no mesmo quarto de hospital. Um deles podia sentar-se na sua cama durante uma hora, todas as tardes, para que os fluidos circulassem nos seus pulmões. Sua cama estava junto da única janela do quarto. O outro homem tinha de ficar sempre deitado de costas. Os homens conversavam horas a fio. Falavam das suas mulheres e famílias, das suas casas, dos seus empregos, onde tinham passado as férias... E todas as tardes, quando o homem da cama perto da janela se sentava, ele passava o tempo a descrever ao seu companheiro de quarto todas as coisas que ele conseguia ver do lado de fora da janela. O homem da cama do lado começou a viver à espera desses períodos de uma hora, em que o seu mundo era alargado e animado por toda a atividade e cor do mundo do lado de fora da janela.
A janela dava para um parque com um lindo lago. Patos e cisnes chapinhavam na água enquanto as crianças brincavam com os seus barquinhos. Jovens namorados caminhavam de braços dados por entre as flores de todas as cores do arco-íris. Árvores velhas e enormes acariciavam a paisagem e uma tênue vista da silhueta da cidade podia ser vista no horizonte. Enquanto o homem da cama perto da janela descrevia isto tudo com extraordinário pormenor, o homem no outro lado do quarto fechava os seus olhos e imaginava a pitoresca cena. Um dia, o homem perto da janela descreveu um desfile que ia a passar. Embora o outro homem não conseguisse ouvir a banda, ele conseguia vê-la e ouvi-la na sua mente, enquanto o outro senhor a retratava através de palavras bastante descritivas.
Dias e semanas passaram. Uma manhã, a enfermeira chegou ao quarto trazendo água para os seus banhos, e encontrou o corpo sem vida do homem perto da janela, que tinha falecido calmamente enquanto dormia. Ela ficou muito triste e chamou os funcionários do hospital para que levassem o corpo. Logo que lhe pareceu apropriado, o outro homem perguntou se podia ser colocado na cama perto da janela. A enfermeira disse logo que sim e fez a troca. Depois de se certificar de que o homem estava bem instalado, a enfermeira deixou o quarto.
Lentamente, e cheio de dores, o homem ergueu-se, apoiado no cotovelo, para contemplar o mundo lá fora. Fez um grande esforço e lentamente olhou para o lado de fora da janela...que dava, afinal, para uma parede de tijolo! O homem perguntou à enfermeira o que teria feito com que o seu falecido companheiro de quarto lhe tivesse descrito coisas tão maravilhosas do lado de fora da janela.
A enfermeira respondeu que o homem era cego e nem sequer conseguia ver a parede.
"Talvez ele quisesse apenas dar-lhe coragem..."

Moral da História:
Há uma felicidade tremenda em fazer os outros felizes, apesar dos nossos próprios problemas. A dor partilhada é metade da tristeza, mas a felicidade, quando partilhada, é dobrada. Se te queres sentir rico, conta todas as coisas que tens que o dinheiro não pode comprar. Celso - Pense nisto, talvez com minhas limitações apenas quero dar-lhe coragem!
(Grupo Bom Dia – yahoo grupos)

[imagem da web]

Nosso desejo perante Deus



Todos os nossos desejos estão diante de Vós, Ó Senhor. Eles não estão perante os humanos porque tais seres não podem ouvir nossos corações.
Assim, deixemos nossos corações estarem sempre perante Deus, e o nosso Pai, que a tudo vê, nos recompensará. Nosso desejo é nossa oração; então, nossa oração deve ser constante. (Comentário do Salmo 37,14)

Oração: Esforço-me todos os dias por resistir às tentações, invocando, em meu auxílio, Vossa Mão Direita e submetendo-Vos as minhas incertezas. (Confissões 10,31)

Do livro SANTO AGOSTINHO DIA A DIA, de John E. Rotello, O.S.A. – Ed. Loyola.
[Imagem reflejosdeluz.net]

sexta-feira, 4 de dezembro de 2009

O Pastor vigilante



Aquele que veio para falar das coisas do Pai definiu-se como um pastor, como o Bom Pastor que é vida e que comunica a vida. Não pode admitir que nenhuma das ovelhas que lhe foram confiadas venha a se perder. Escuta as batidas do coração de cada uma, procura a desgarrada com afeto e afinco, deita óleo nas chagas daquela que tinha se enredado no meio dos espinheiros. Cristo vivo e ressuscitado, presente em sua Palavra e em suas inspirações anda atrás desses que se dopam de ilusões, que cometem o despropósito de estragar a própria existência. Os que nos acercamos da mesa da Eucaristia somos alimentados pelo Pastor que dá vida pelos seus. O peito aberto de Jesus no alto da cruz mostra as reservas infinitas de amor do Pastor.

Frei Almir Ribeiro Guimarães, OFM - Petrópolis / RJ
Fonte: Folhinha do Sagrado Coração de Jesus

[imagem da web]

Postagens mais visitadas