.

.
Imagem da reflejosdeluz.net

quarta-feira, 11 de maio de 2016

Ave Maria, Mãe de Deus


Ave Maria, Mãe de Deus, tesouro venerado por todo o Universo, luz que não se apaga, tu geraste o sol da justiça, o cetro da verdade, o templo indestrutível, imperecível. Ave Maria, morada d'Aquele que nada, nem lugar algum podem conter, tu que fizeste brotar a flor que jamais secará.
Por meio de ti os pastores glorificaram a Deus, através de ti, abençoado é aquele que vem em nome do Senhor; a Santíssima Trindade é glorificada, a Cruz é adorada em todo o Universo. Através de ti exultam os Céus, pois a humanidade caída foi reerguida. Através de ti o mundo inteiro, pôde, enfim conhecer a Verdade.
Através de ti, Igrejas foram fundadas em toda a Terra; por meio de ti, o Filho único de Deus fez resplandecer a luz sobre aqueles que estavam nas trevas, expostos à sombra da morte. Por meio de ti os apóstolos puderam anunciar a salvação às nações. Como cantar dignamente os teus louvores, ó Mãe de Deus, por quem a Terra inteira vibra de alegria?
“Viva Maria, Mãe de Deus! Foi vencido o inimigo da Virgem! Viva a grande, a augusta, a gloriosa Mãe de Deus!”
Em memória desta solene definição, o Concílio de Éfeso (431) juntou à saudação angélica estas palavras simples e expressivas: “Santa Maria, Mãe de Deus, rogai por nós pecadores, agora e na hora de nossa morte.
São Cirilo de Alexandria (380-444)

Defensor do título de Maria “Théotokos” (Mãe de Deus, no Concílio de Éfeso (431)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens mais visitadas