.

.
Imagem da reflejosdeluz.net

domingo, 15 de maio de 2016

Sl 136 - novena


Às margens dos rios de Babilônia, nos assentávamos chorando, lembrando-nos de Sião.
Nos salgueiros daquela terra, pendurávamos, então, as nossas harpas,
porque aqueles que nos tinham deportado pediam-nos um cântico. Nossos opressores exigiam de nós um hino de alegria: “Cantai-nos um dos cânticos de Sião.”

Sl 136

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens mais visitadas