.

.
Imagem da reflejosdeluz.net

sábado, 12 de janeiro de 2013

Lamentação do oprimido (Sl 12)

Ao mestre de canto. Salmo de Davi.
Até quando, Senhor, de todo vos esquecereis de mim? Por quanto tempo ainda desviareis de mim os vossos olhares?
Até quando aninharei a angústia na minha alma, e, dia após dia, a tristeza no coração?
Até quando se levantará o meu inimigo contra mim? Olhai! Ouvi-me, Senhor, ó meu Deus!
Iluminai meus olhos com vossa luz, para eu não adormecer na morte, para que meu inimigo não venha a dizer: Venci-o;
e meus adversários não triunfem no momento de minha queda, eu que confiei em vossa misericórdia. Antes possa meu coração regozijar-se em vosso socorro! Então cantarei ao Senhor pelos benefícios que me concedeu.

Oprimido, o salmista se queixa de que Deus o esquece; mas ele lhe suplica com confiança. (Bíblia Sagrada Ave-Maria)
[imagem da web]

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens mais visitadas