.

.
Imagem da reflejosdeluz.net

quarta-feira, 12 de abril de 2017

Como é preciosa, ó Deus, a tua benignidade!


Como é preciosa, ó Deus, a tua benignidade! Por isso, os filhos dos homens se acolhem à sombra das tuas asas. Fartam-se da abundância da tua casa, e na torrente das tuas delícias lhes dás de beber.
(Sl 36,7-8)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens mais visitadas