.

.
Imagem da reflejosdeluz.net

segunda-feira, 27 de maio de 2013

Continuação do salmo precedente (Sl 147)


(12) Salmo. Louva, ó Jerusalém, ao Senhor; louva o teu Deus, ó Sião,
(13) porque ele reforçou os ferrolhos de tuas portas, e abençoou teus filhos em teu seio.
(14) Estabeleceu a paz em tuas fronteiras, e te nutre com a flor do trigo.
(15) Ele revelou sua palavra a Jacó, e aí ela corre velozmente.
(16) Ele faz cair a neve como lã, espalha a geada, como cinza.
(17) Atira o seu granizo como migalhas de pão, diante de seu frio as águas se congelam.
(18) À sua ordem, porém, elas se derretem; faz soprar o vento e as águas correm de novo.
(19) Ele revelou sua palavra a Jacó, sua lei e seus preceitos a Israel.
(20) Com nenhum outro povo agiu assim, a nenhum deles manifestou seus mandamentos.


[imagem da web]

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens mais visitadas