.

.
Imagem da reflejosdeluz.net

domingo, 5 de maio de 2013

SEXTO DOMINGO DA PÁSCOA – 05 Mai 2013


Domingo da promessa do Espírito. O Senhor nos promete o seu Espírito e nos revela a alegria da sua ressurreição, para que possamos ser portadores deste anúncio por onde andarmos.
Urge escutar a voz do Espírito Santo, que nos convida a construir um mundo novo onde a paz, dom de Deus, possa reinar.
A fé autêntica é busca de comunhão plena entre Deus e a humanidade; comunhão entre as pessoas que vivem uma relação de aliança e fidelidade com o Senhor. Cristo é a chave dessa comunhão e seu Espírito, chamado de Santo tem a missão de ensinar segundo a verdade.
O Pai nos envia seu Espírito, nos oferece o dom da paz, nos alimenta do Cristo-Cordeiro que tira o pecado do mundo, realiza a reconciliação e a mais plena comunhão.
Quem acredita em Jesus acolhe a sua palavra e permanece em comunhão com Deus. Somos a morada de Deus, enquanto comunhão de amor. Confiemos no Senhor, que entrega sua vida por amor, oferecendo o Espírito como nosso consolador.
Num só corpo e num só espírito, celebramos com fervor a vitória de Jesus Cristo sobre a morte. Ele, a luz que dissipa as trevas do coração e da mente. Jesus Cristo, o Senhor da paz, se coloca no meio de nós e nos ajuda a superarmos todo tipo de discórdia, intolerância e preconceito e nos faz sinais eloquentes da ressurreição no mundo em que habitamos.
Celebramos com alegria a promessa que Jesus faz aos discípulos do envio do Espírito Santo para dar continuidade à caminhada do povo de Deus em marcha na história. Cristo ressuscitado continua caminhando conosco.
Jesus prepara um grupo de discípulos, diz como deverão manter-se em comunhão com ele e reafirma sua presença e sua assistência através do seu auxiliador, o Espírito Santo. E os envia em missão. Ele os convida à mesa, para participar de sua Páscoa. A Eucaristia nos alimenta para a missão e é também o objetivo da missão: levar a todos o Cristo vivo, para que se tornem discípulos missionários.
A Igreja que nasce da Eucaristia é uma comunidade de amor. Não basta participar da Eucaristia como de um momento de piedade particular. Trata-se de um ato de fé que leva a um compromisso de fidelidade com Deus e com os irmãos.

[Imagem Google]

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens mais visitadas