.

.
Imagem da reflejosdeluz.net

quinta-feira, 5 de março de 2009

Deus ama a justiça - Sl 11, 4-7


Salmo 11,4-7

Javé está no seu templo santo, Javé tem o seu trono no céu. Seus olhos contemplam o mundo, suas pupilas examinam os homens. Javé examina o justo e o injusto, ele odeia quem ama a violência; fará chover sobre os injustos brasas e enxofre, e um furacão violento. É a parte que lhes cabe. Porque Javé é justo e ama a justiça, e os corações retos contemplarão sua face. Nas contrariedades da vida, feliz é quem alicerça sua vida na única base que permanece firme: Deus, que do céu examina o justo e rejeita os violentos. Quem põe a confiança em Deus sabe que o viver só tem sentido enquanto for sinônimo de amor à justiça, que é amor aos empobrecidos e ao próprio Deus.
Oração: Senhor, tu és meu abrigo seguro, minha rocha, minha salvação. Tu és o aquele que não me deixa acomodar diante dos conflitos da vida. Tu és minha confiança, minha razão, meu prêmio. Amém.
Extraído do livro "365 dias com os Salmos", de Paulo Bazaglia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens mais visitadas