.

.
Imagem da reflejosdeluz.net

sábado, 7 de março de 2009

Deus do Impossível


Composição: Alda Célia G. Caixêta Cavagnaro
O meu Deus é o Deus do impossível.
Jeová, Jireh.
O grande El Shadday,
Que abriu o mar vermelho e ao seu povo fez passar.
Que da rocha água limpa fez brotar.
O meu Deus é o Deus do impossível.
Que liberta encarcerados das prisões,
faz da estéril mãe de filhos,
restaura a alma dos feridos
e dilata o amor nos corações.
Que dá vista aos cegos e aos surdos faz ouvir.
Faz a tempestade se acalmar.
Andou por sobre o mar e aos mudos fez falar,
Paralíticos e coxos fez andar
O meu Deus é o Deus do impossível.
É o mesmo hoje.
E sempre há de ser.
O meu Deus é o Deus do impossível.
E fará o impossível pra você.
E fará o impossível por você.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens mais visitadas